Ex-jogador do Corinthians ‘teme’ volta de Vítor Pereira ao estádio do time paulista

Zé Elias fez um alerta para Vítor Pereira, que está prestes a assinar com o Flamengo


A saída de Vítor Pereira do Corinthians ainda não foi bem digerida pelos torcedores e ex-jogadores do time paulista. Prestes a assinar contrato com o Flamengo, o português tornou-se pessoa não bem-vinda pelos fãs da equipe de Itaquera. Ex-atleta do Alvinegro e atual comentarista Zé Elias deu um ‘conselho’ para o treinador: que ele nunca mais pise no estádio do clube.

Vítor Pereira me surpreendeu! Se o motivo da saída dele do Corinthians foi apenas pela questão familiar, eu aconselharia ele a não voltar à Neo Química Arena, pois ele não vai ser bem recebido no estádio em um Corinthians x Flamengo —, disse Zé Elias, em participação na programação da ESPN. O comentarista era conhecido como ‘Zé da Fiel’ nos tempos de jogador do Alvinegro.


Clique aqui e ganhe R$50 de bônus para jogar no galera.bet


A grande mágoa dos corintianos ocorre por conta de Vítor Pereira ter alegado motivos de saúde na família para não renovar com a equipe paulista. De acordo com o português, a sogra, que vive no país natal do técnico, precisaria de acompanhamento próximo. No entanto, Vítor Pereira aceitou a oferta do Flamengo e seguirá no Brasil.

Acertado verbalmente com o Flamengo, Vítor Pereira ainda não foi anunciado oficialmente pelo clube. Isso porque, a diretoria do Rubro-Negro quer evitar problemas jurídicos com o Corinthians, já que o treinador tem contrato com os paulistas até 31 de dezembro, e também com Dorival Júnior, que tem vínculo com o Fla que será encerrado no mesmo dia.

Há a expectativa que o Mengo confirme o negócio ainda nesta semana, usando os termos “acordo para assinatura de contrato em 1º de janeiro de 2023”. O acerto com Vítor Pereira é para vínculo até dezembro de 2023, com valores em torno de 4 milhões de euros (cerca de R$ 22 milhões, na cotação atual), somando o técnico e comissão, que será composta por quarto a cinco auxiliares.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ridículo, o presidente do Corinthians disse que não existe rusgas com o Flamengo. Na verdade o Corinthians pediu pra ele não falar a verdade, que o Corinthians não tinha condições de continuar com o técnico, não tem condições de lhe oferecer um elenco digno e pra não contranger a torcida inventaram a questão familiar. SRN

  • Declaração perigosa a deste torcedor travestido de comentarista, devia ser interpelado judicialmente por gerar um certo nível de incentivo à violência.
    Imagine se jogadores e técnicos que trocam de clube fiquem sujeitos a este tipo de ameaça.
    Isto não existe.
    Se acontecer qualquer coisa, que o clube sofra as consequências das atitudes, porque é obrigação do mandante a segurança do visitante.
    Chega de violência.

  • Cara não vejo como excitação a violência não, mas é a pura verdade, a torcida não vai se calar numa eventual presença de Vítor Pereira na arena por outro clube brasileiro, e dou um exemplo simples para tentarmos entender melhor, vamos imaginar Rogério Ceni que fez história no São Paulo , e de repente assina com o Corinthians?… provavelmente a torcida do tricolor também não irá aceitar muito bem, sei muito bem que o futebol tem essas reviravoltas mas quando acontece isso muito cedo, é visto como traição imperdoável.

  • Tem que chorar na cama que é mais quente, apesar de achar o ideal mas não tem nada de bom no Brasil em termo de técnico, para mim e ecitar a violência

  • Se é um ex-jogador do Flamengo iriam falar que está causando o caos. Incitando a violência dos torcedores.

  • Não tem nada de “simples assim” em mentir usando estado de saúde de outras pessoas como desculpa. Isso não se faz nem pra enganar crianças. Se tivesse só falado de questões familiares sem citar doença da sogra a chateação dos torcedores seria menor.

  • Quem chorava era os botafoguense, agora os Corinthians tá bem.

  • Na verdade isso tem nome né ” incitação a violência” parece que o cara cometeu um crime. Pode ter sido falta de ética concordo, mas chegou o fim do contrato o cara recebeu outra proposta melhor e aceitou, simples assim.