Rafinha revela que Filipe Luís parou de falar com lateral após sair do Flamengo à Grécia: “Não respondia”

Rafinha decidiu deixar o Flamengo para jogar no Olympiakos, da Grécia, deixando amigos ‘revoltados’


Algumas decisões na vida são difíceis de tomar, e Rafinha, atualmente no São Paulo, se viu nessa situação em agosto de 2020. Após ganhar Libertadores da América e Brasileirão em 2019, além do Carioca do ano seguinte, o jogador decidiu sair do Flamengo e ir para o Olympiakos, da Grécia, deixando Filipe Luís e outros amigos insatisfeitos.

Não foi tranquila (a saída). Nunca foi e nunca vai ser. É sinistro falar uma coisa dessa. Eu joguei um ano no Flamengo aqui, parece que eu joguei 50. Foi tão intenso aquele ano, de tanta conquista, de tanta vitória, um ano especial. Do meu lado pessoal também. Da minha família poder me ver jogar no Maracanã toda semana já sabendo que a gente ia ganhar todos os jogos. No meu lado pessoal e profissional, o que eu pensava? ‘Vou seguir minha vida, joguei um ano aqui e ganhei tudo’. Mas para a torcida, isso foi um golpe muito forte -, disse Rafinha, em entrevista ao Flow Sport Club. O lateral ainda prosseguiu:

Parceiro meu, da minha cidade, os caras ficaram dois, três meses sem falar comigo. O Filipe Luís deu entrevista aí recente, falou que ficou zangado comigo. Eu mandei mensagem para ele, falei ‘ô magrelo, você tá de brincadeira, hein?’. Por isso que ele não falava comigo. Eu fui pra Grécia, ele não falava comigo. Eu mandava mensagem, ele visualizava e não respondia. Agora que eu fui descobrir que ele falou que não ia me perdoar nunca. Se o Filipe, que é meu parceiro, jogou comigo desde 2003, sub-17, sub-20, ficou zangado comigo, imagina o torcedor -, finalizou

Rafinha alegou que saiu do Flamengo, pois receberia quatro vezes mais na Grécia. Marcos Braz, vice-presidente de futebol, e Bruno Spindel, diretor executivo da pasta, fizeram de tudo para mantê-lo no Rubro-Negro. Porém, o lateral direito foi irredutível, bateu o pé e optou por se despedir do time carioca.

Cerca de cinco meses depois, em fevereiro de 2021, Rafinha rescindiu contrato com o Olympiacos e queria voltar ao Flamengo. Contudo, alguns dirigentes foram contrários ao retorno do lateral, pela maneira como saiu do Rubro-Negro. Dessa forma, o atleta foi para o Grêmio, onde não teve bom desempenho, sendo rebaixado à Série B do Brasileirão com o clube gaúcho.

Atualmente, Rafinha está no São Paulo, time de infância do jogador. No Flamengo, o lateral direito disputou 46 partidas, não foi às redes, mas deu seis assistências. O atleta ganhou cinco títulos no Fla: Campeonato Carioca (2020), Libertadores da América (2019), Recopa Sul-Americana (2020), Campeonato Brasileiro (2019) e Supercopa do Brasil (2020).

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Essa é uma história clássica que dinheiro não traz felicidade. Estava no lugar certo, na hora certa, com os companheiros certos, mas largou tudo por dinheiro e o tiro saiu pela culatra. O pior é que nem precisava, o que já tinha ganho e o que ganhava era suficiente.

  • Conselho não são para todos . Rafinha ficou deslumbrado pelo dinheiro …. depois de ter consolidado sua vida financeira, queria mais . A ganância é uma merda . O flamengo fez de tudo para que ele ficasse. Depois foi para o gremio e são Paulo. Não rendeu nada . . Podia está jogando no flamengo até hoje. Acabou .

  • Rafinha com seu astral motivador e farrista era um líder natural sem pretender ser que unificava o time com diretivas psicológicas de superação assumidas e implementadas pelo grupo com grande confiança na participação de cada um no sucesso final de todos. Por isso sua saída impactou muito o grupo que acabou desmoronando de vez na saída também do JJ.

  • A maior contribuição do Rafinha para o Flamengo foi justamente a vinda do Filipe Luís, porque se o Rafinha não tivesse vindo pro Mengão antes, dificilmente o Filipe iria se convencer que sua vinda também seria vantajosa pra sua carreira. E isso depois também contribuiu bastante pra aumentar a decepção do Filipe com o companheiro de equipe.

  • De fato, não fez nenhum gol, mas fez história. Ele foi atrás de dinheiro na Europa, e pensando como pai de família, fez o certo. Mas, o que ele não podia prever, era que as coisas não fossem funcionar lá fora. Quis voltar ao mais querido, porém, por parte da diretoria, já não era mais bem-vindo. Ego da direção do Flamengo, resultado, desde sua saída, nunca mais tivemos um lateral à altura, Rodiney até nos deu alegria, mas ele não é o Rafinha.

  • Achou que era o tal por ter “ajudado” o time a ganhar tudo. Usou o Flamengo pra achar outro time que quisesse ele como titular. Precisou de pouco tempo pra ver que sozinho não consegue nada.

  • Ele vacilou com a nação rubro negra

  • Rafinha não foi às redes??????????? Porra, se vcs que dizem ser jornalistas que sabem tudo, não lembram do gol contra o vasco, estamos mal de jornalista flamenguista…….

  • Não entendeu o que era Flamengo. Era pra ser ídolo, mas não é.

  • Rafinha é mercenario, obcecado por dinheiro. Trabalhei no aquario é uma vez ele foi lá, queria pagar meia entrada (de 60 pra 30,00) qual a neve disso?

  • Rafinha é mercenario, obcecado por dinheiro. Trabalhei no aquario é uma vez ele foi lá, queria pagar meia entrada (de 60 pra 30,00) qual a neve disso?