CEO do Vasco rebate críticas sobre uso do Maracanã e minimiza impacto no gramado

Compartilhe com os amigos

Termo de Permissão de Uso do Maracanã foi renovado a favor de Flamengo e Fluminense


Flamengo e Fluminense comemoram, nesta quarta-feira (26), o direito de seguir utilizando o Maracanã por, ao menos, mais 180 dias. Isso porque, a renovação do Termo de Permissão de Uso foi assinada de forma favorável aos dois clubes. Em meio a isso, o presidente executivo da Sociedade Anônima do Futebol (SAF) do Vasco, Luiz Mello, rebateu críticas recebidas por um rival sobre o time de São Januário potencializar o desgaste do gramado no estádio.

Primeiro, que o Vasco destroçou o gramado, não faz nenhum sentido. Quando você tem dez jogos, foram nove jogos e o Vasco quem jogou pela décima vez. O gramado já estava ruim, isso é fácil de você comprovar. Você tem fotos, tem jornalistas, os próprios jornalistas que cobrem o Fluminense falaram que o gramado já estava se deteriorando, e, agora, veio que a culpa é exclusivamente do Vasco. Isso não faz nenhum sentido -, disse Luiz Mello, antes de continuar:

— É a mesma coisa que, em uma conversa um pouco mais descontraída, se a gente falar que eu tomei nove cervejas, mas a décima é que me impacta […] não é isso. Você tem uma sequência lógica, e que, realmente, deteriora um pouco mais o gramado. Isso para mim é uma mentira, falar isso, pois não faz nenhum sentido -, finalizou o presidente executivo da SAF do Vasco, em entrevista ao ‘Seleção SporTV’.


Vote no Coluna do Fla no Prêmio iBest 2023 e mostre a força da torcida do Flamengo


As falas de Luiz Mello foram em resposta às críticas feitas por Mário Bittencourt, presidente do Fluminense, na mesma programação, porém do dia anterior. O mandatário tricolor deu duros pareceres sobre a utilização gramado do Maracanã, detonando o clube de São Januário e a ‘777 Partnes’, investidores da SAF vascaína, pelo desgaste causado ao campo do estádio.

Vale destacar que, nesta quarta-feira, o Governo do Estado do Rio de Janeiro tornou oficial a decisão de renovação do Termo de Permissão de Uso (TPU) do Maracanã favorável ao Flamengo e ao Fluminense. Com isso, a dupla tem acordo firmado com o estádio por mais 180 dias, até outubro de 2023. Além disso, o pedido do Vasco da Gama em suspender a sétima extensão de vínculo foi indeferida. Contudo, o time de São Januário ainda pode recorrer contra a definição.


Compartilhe com os amigos

Veja também

  • A diretoria do flamengo tem que tomar vergonha na cara se mexer e correr atrás de construir um estádio mas fazer isso de verdade não falar só quando perde título pra fazer fumaça. Deixa o Maracanã para o governo fazer o que quiser e veremos quanto tempo dura sem flamengo. Olhem o que aconteceu com o Pacaembu depois que o curintia parou de usar.

  • Poxa eles têm estádio, reforma são janu e bota 40 mil lá e para de perturbar…
    A saf quer para fazer shows e vender o naming rights. Vcs tem casa reforma ela…

  • O Vasco foi convidado e não quis participar da concessão.
    Além do que estava (ou está) com o nome sujo nas dívidas com a União.
    Também não investiu na troca do gramado do Maracanã e outras despesas de manutenção.
    Ponto.
    O mundo inteiro sabe que a casa oficial do Vasco em toda sua história foi São Sanitário.
    E não se fala mais nisso.

Comentários não são permitidos.