Fabiano de Abreu: “Saudades dos tempos do JJ: ‘Maré de azar’ do Flamengo tem explicação”

Quem não lembra dos tempos dourados do Flamengo, quando grandes e consecutivas vitórias passaram a fazer parte da rotina da nação rubro-negra, quando a euforia pelos resultados fantásticos apresentados pelo treinador Jorge Jesus e a felicidade de milhões de torcedores permeava a Gávea?

No entanto, esse tempo infelizmente passou e, agora, o Flamengoluta” aos trancos e barrancos para se manter de pé e está sendo ultrapassado por rivais históricos, como o Palmeiras. Ao que parece, viver sobre a sombra do tempo de glória está impedindo que ele retorne.

Esse talvez seja, além dos claros problemas de organização técnica, o pior problema do Flamengo: focar aonde não traz resultados. Na mídia, o grandioso estardalhaço feito rotineiramente até mesmo por pequenos detalhes que não fazem qualquer diferença a longo prazo impede que resultados reais sejam atingidos, o que é natural para uma equipe da dimensão do Rubro-Negro, mas gera uma expectativa maior que não tem se concretizado.

Enquanto isso, o Palmeiras está seguindo o caminho contrário, com o técnico Abel Ferreira, um português não tão aclamado, soma resultados à equipe e sobe degrau a degrau nos campeonatos. Ele não está entre as maiores torcidas do Brasil, mas tem se tornado um calo no pé do Flamengo na luta por novos títulos, na qual o Palmeiras possui certa vantagem por ter sido beneficiado pela CBF ao agregar campeonatos ao Brasileirão.

Focar em novos e potenciais talentos, não apenas em nomes renomados que não trazem consigo toda a garra de jogadores que não recebem a mesma projeção, mas que “dão o sangue” pelo time e estão com sede de novos títulos, que é o que, no fim, faz realmente um time entrar para a história, esse é o segredo para o retorno do Flamengo ao topo dos pódios.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • bla, bla, bla, bla. Todo mundo quando o time perde tem uma explicaçãozinha baseada no famoso livro de bolso “Soluções Futebolísticas do Arcabouço Histórico Vencedor” do Renomado Autor “Vozes da Minha Cabeça”.
    TOMAR VERGONHA NA CARA são as vozes da minha.

  • O Flamengo não podia esperar o fim de maio para ter o Jorge Jesus, porque o time estava disputando 3 competições e tinha urgência por um novo técnico. Chegamos no final de maio e o time continua na mesma merda, não jogando nada, e não teremos novamente o JJ.

  • A diretoria do clube não tem interesse de que venha JJ, afinal ele que colocou Arão para jogar bem, vai colocar estes caras nos cascos, logo não precisa comprar e nem vender,logo as tetas murcham e os caras largam de ganhar dinheiro..

  • falou toda a verdade. o flamengo quer viver de midia de nome status. Marcos braz e bruno spindel e landim querem mais e aparecer do que lutar pelo time que esta aos troncos e barrancos. contrata so jogador velho ultrapassado.