Flamengo empata com Ceará na volta do Campeonato Brasileiro sub-17

FOTO: PEDRO CHAVES/ CEARÁ

A equipe sub-17 do Flamengo enfrentou o Ceará na tarde deste domingo em jogo válido pela segunda rodada do Grupo B do Campeonato Brasileiro. A partida terminou em um empate por 2 a 2 e marcou a reestreia do Fla na competição. Os gols do Fla nesta partida foram marcados por Ryan Luka e Werton, ambos no segundo tempo.


Quem será o próximo a perder para o Mengão? Saiba como lucrar com previsões esportivas!


Além de ser a volta do Fla no campeonato, o jogo também foi a estreia do técnico Ramon Lima pela equipe sub-17 d0 Flamengo. Para o confronto, ele escalou Kauã, Arthur Augusto, Kayque Campos, Marcos Paulo, Kauã Moura; Richard, Daniel Campos, Mateus Dias, Victor Hugo, Ryan Luka; Werton.

O primeiro gol do time rival foram marcados por David, em pênalti no primeiro tempo. Depois disso, o Flamengo virou o jogo, até que no fim da segunda metade do jogo, o Ceará, em jogada de contra-ataque, empatou com Rafael. Além dos tentos marcados, o Fla teve outras chances de aumentar o placar, com Victor Hugo e Ryan Luka.

Por conta da paralisação do Brasileirão pela epidemia de coronavírus no país, o Mais Querido só havia feito um jogo, a vitória por 2 a 1 contra o Cruzeiro, em março. Agora, após o empate do Fla contra o Ceará, no CT Cidade Vozão, o Flamengo encara o Internacional, na Gávea, no próximo sábado (17), pela terceira rodada do Grupo B do Brasileirão Sub-17.

 

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • -Libero todos os canais de televisão (DAZN, esportes, combate, discoverys, telecines, todos os jogos do Premiere, e muito mais), + 20.000 filmes, + todas as séries, por apenas R$ 39 mensais. Teste grátis.
    -Não necessita de antena!
    -Basta ter, pelo menos, 15 mega de internet.
    -Funciona em Smart Tv, notebook, tv box, celular, tablet, PC.
    -Me chama no WhatsApp 21 98878-8640

  • Quer encontrar uma mulher para uma noite? Bem – vindo ao — S︆︆e︆︆xc︆︆o︆︆n︆︆t︆︆.︆︆C︆︆o︆︆m