Após caso de racismo, Flamengo representará no STJD contra Índio Ramírez e Mano Menezes

FOTO: Felipe Oliveira/Bahia

Com um a menos desde o nono minuto de jogo, o Flamengo venceu, heroicamente, o Bahia por 4 a 3, no Maracanã, pela 26ª rodada do Brasileirão. O destaque do jogo, porém, foi negativo: Juan Ramírez, atleta do Bahia, cometeu injúrias raciais contra Gerson, camisa 8 do Mengão. Por meio das redes sociais, Rodrigo Dunshee de Abranches, Vice-Presidente Geral e Jurídico do clube, garantiu que o Mais Querido representará contra ‘Índio Ramírez’ no STJD, assim como fará com Mano Menezes:

“Além de apoiar o Gerson na esfera criminal, o Flamengo representará ao STJD contra o atleta que ofendeu racialmente o Gerson, assim como o fará contra o Mano Menezes, que apoiou a ofensa racial e chamou de malandragem. Temos que banir o racismo da nossa sociedade”.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Vale lembrar que, no Brasil, racismo é crime previsto na LEI Nº 7.716, de 5 de janeiro de 1989, que prevê punição para casos resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional, com pena que projeta reclusão de dois a cinco anos.

VEJA OS GOLS DO FLAMENGO NA PARTIDA:

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *