Flamengo tem primeira perda no elenco para o início de 2021

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

O empate contra o Fortaleza encerrou o ano de 2020 para o Flamengo. Com o calendário atípico e a temporada deste ano se encerrando somente no início de 2021, o Rubro-Negro começa a planejar o próximo ano. Pedro Rocha é a primeira baixa no elenco. Isso porque, o empréstimo do atacante se encerra no fim de dezembro e, por conta da adequação financeira, o Mais Querido optou pela não renovação do vínculo.

Em um primeiro momento, o Flamengo entrou em contato com o Spartak Moscou para estender o vínculo de empréstimo com Pedro Rocha. O clube russo prontamente aceitou o pedido, no entanto, exigiu o pagamento de um valor compensatório. A partir daí, o Rubro-Negro viu o atacante ficar cada vez mais longe dos planos para 2021 por questões financeiras. Uma vez que a compra em definitivo de Pedro, junto à Fiorentina, tornou-se prioridade.

 


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Pedro Rocha chegou ao Rubro-Negro como um dos reforços para a temporada de 2020. Porém, o atacante foi pouco aproveitado. Em meio à algumas lesões, o jogador entrou em campo somente por 252 minutos, em 11 partidas disputadas e marcou somente um gol. De saída do Flamengo, e mesmo com um ano abaixo do esperado, alguns clubes brasileiros se interessam pelo atleta, dentre eles, o Corinthians.

Apesar da saída de Pedro Rocha, o Flamengo conseguiu cumprir as últimas metas para 2021. O Rubro-Negro renovou o contrato com Diego Alves, efetuou a compra em definitivo de Pedro, além de ter conseguido estender o empréstimo de Thiago Maia, junto ao Lille (França). O volante permanece no clube carioca até o fim de 2021, com a mesma opção de compra com valor fixado para ser feita somente em 2022.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *