Filipe Luís relembra passagem pelo Chelsea e revela: “Me senti traído por Mourinho”

FOTO: MARCELO CORTES / FLAMENGO

Desde 2019, o Flamengo vem montado um elenco bastante estrelado. Filipe Luís é um dos principais destaques da equipe, de renome internacional, com 15 temporadas atuando na Europa. O lateral-esquerdo relembrou a passagem pelo Chelsea, da Inglaterra, em 2014/2015, e comentou sobre o relacionamento na época com José Mourinho, então treinador dos Blues.

Em entrevista ao jornal britânico The Guardian, Filipe Luís admitiu ter se incomodado com o fato de ser reserva de Azpilicueta. Após revelar ter conversado com Mourinho, o lateral brasileiro afirmou não ter se arrependido da troca de Atlético de Madrid, onde era ídolo, pelo clube inglês. Vale lembrar, no entanto, que ele retornou ao time espanhol depois de sair do Chelsea.


Apoie o Mengão! Camisa e outros produtos oficiais em promoção


Quando fiquei no banco para o primeiro jogo da temporada, bati na porta da sala de Mourinho e disse: ‘Por que você me trouxe aqui? Por que simplesmente não me deixou no Atlético? ‘. Ele disse que não se sentia tão seguro defensivamente comigo na equipe como com Azpilicueta -, disse o lateral, que prosseguiu:

Disse que deveria conquistar meu lugar. Não podia esperar que, por causa do meu nome, seria a primeira escolha. Ele estava certo. Eu não estava jogando bem. Mas também acho que você tem que estar em campo para melhorar. Nunca me arrependi da mudança porque estava em um dos maiores clubes do mundo, mas todo mundo quer jogar -, relatou o jogador.

Filipe Luís revelou que decidiu trocar de clube quando ficou na reserva da final da Copa da Liga Inglesa, contra o Tottenham, torneio no qual era o titular: “Na época me senti traído, por falta de uma palavra melhor. Não queria trabalhar para Mourinho por mais uma temporada. Mas não foi culpa dele. Ganhamos a final e estou com a medalha em casa“, encerrou Filipe Luís.

Agora pelo Flamengo, Filipe Luís espera conquistar o seu segundo Campeonato Brasileiro da carreira. Após levantar o troféu na temporada de 2019, o lateral terá a chance de repetir o feito nesta de 2020. Para isso, basta vencer o São Paulo, às 21h30 (horário de Brasília) de quinta-feira (25), pela 38ª e última rodada da competição. O Rubro-Negro é o líder do torneio, com 71 pontos, dois à frente do segundo colocado Internacional, que tem 69.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *