#Nossos10 | Em memória de dois anos da tragédia, Flamengo promove missa, e parentes de vítimas lançam projeto social

FOTO: PAULA REIS/FLAMENGO

Nesta segunda-feira (08), data que o incêndio no CT Ninho do Urubu completa dois anos, homenagens foram feitas em memória aos dez meninos que morreram na maior tragédia da história do Flamengo. Em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, um culto foi realizado. Além da cerimônia, o projeto social “Escola com Bola – Samuel e Christian” foi apresentado.

O projeto, que carrega o nome de duas vítimas do incêndio, tem como missão dar reforço escolar e promover atividades esportivas para crianças em situações de vulnerabilidade da região (Baixada Fluminense).

No local, estiveram presentes representado o Flamengo, Rodrigo Dunshee, vice-presidente Geral e jurídico, Roberta Tannure, gerente de recursos humanos, Maurício Gomes de Mattos, vice-presidente de consulados e embaixadas, e Vitor Zanelli, vice-presidente de futebol de base. Integrantes da Raça Rubro-Negra, maior torcida organizada do Fla, também marcaram presença.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Já na parte da tarde, uma missa foi realizada no Salão Nobre da Gávea. Rodolfo Landim, presidente do Flamengo, esteve na sede do clube. Representando as famílias, estiveram presentes o irmão mais velho e o pai de Christian Esmério, Cristiano, que, junto com Miltinho, tio de Samuel, é um dos responsáveis pelo projeto social “Escola com Bola”, já citado.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *