“Poucas coisas são maiores do que fazer parte do Flamengo”, aponta Jordi Guerrero, auxiliar de Dome

FOTO: REPRODUÇÃO / FLA TV

A passagem de Domènec Torrent pelo futebol brasileiro foi rápida, e um dos momentos mais marcantes foi o vínculo de um dos auxiliares com a torcida do Flamengo. Jordi Guerrero caiu nas graças da Nação Rubro-Negra e, inclusive, chegou a comandar o elenco no emblemático empate com o Palmeiras, no Allianz Parque, pelo Brasileirão 2020. Recentemente, Jordi relembrou o Mais Querido em uma entrevista.

Em uma conversa com o portal Ara, Jordi Guerrero falou sobre a experiência adquirida no Brasil ao comandar o Flamengo, ao lado de Domènec. O auxiliar-técnico rasgou elogios à Nação e apontou que ‘poucas coisas são maiores’ do que estar no Mais Querido.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


– A relação com o Dome é boa e tenho tido uma experiência profissional muito interessante, tanto a nível de aprendizagem como de conteúdo. Poucas coisas são maiores do que fazer parte de um forro como o Flamengo. Aí tudo se encaixa com uma paixão desenfreada, com intensidade. Duvido que existam muitos lugares no mundo que sejam semelhantes.

Vale destacar que mesmo após deixar o Flamengo, Jordi Guerrero mostrou estar de olho no Mais Querido. Além de interagir nas redes sociais com a Nação, o auxiliar comemorou o título do Campeonato Brasileiro em uma publicação no Twitter e escreveu: “Parabéns ao Flamengo e para toda a Nação pelo oitavo título no Brasileirão!! Saudações rubro-negras de mais um Flamenguista Catalão!!”.

Veja também

  • Vinicius, o Jordi tinha presença marcante em campo, algo que o tornava uma referência para o elenco (o jeito quietão do Dome não ajudava neste quesito). Se o Dome fosse mais ativo e soubesse se impor, muitos pensariam diferente.

  • Acho que até cego viu isso.

  • Posso estar errado, mas o Jordi Guerrero era muito mais técnico que o Dome.

Comentários não são permitidos.