Bahia demonstra interesse em Renê, mas esbarra em condições e esfria situação com o Flamengo

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

Por: Guilherme Xavier e Letícia Marques

Neste início de temporada, o Flamengo colocou em possibilidade a negociação de atletas que fazem parte de seu elenco. Com isso, Renê entrou no radar e despertou o interesse de alguns times da Série A do Campeonato Brasileiro. O Bahia, por certo, foi um dos clubes que consultou sobre o lateral esquerdo. No entanto, as tratativas não tiveram um final feliz, visto que as partes não conseguiram entrar em acordo.

A reportagem do Coluna do Fla apurou que o clube baiano teve interesse na contratação de Renê, porém, o Flamengo afirmou que o lateral não está disponível no mercado. Sendo assim, o Bahia ‘parou de analisar a hipótese’, revelou um dirigente do Tricolor. Cabe destacar que, nas palavras de Marcos Braz, Renê só sairia do Fla se a negociação fosse em definitivo, ou seja, o empréstimo do lateral não é cogitado.

Além disso, no momento, uma possível negociação do atleta para qualquer outro clube está ameaçada. Isso porque, na última partida do Flamengo, contra a LDU, na altitude de Quito, o lateral sentiu uma lesão na coxa ao correr nos minutos finais do jogo. Por certo, o Mais Querido já avaliou Renê, que seguirá para o hospital na próxima sexta-feira (07), a fim de identificar o tipo e a gravidade da contusão.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


Assim, ao que tudo indica, Renê seguirá vestindo o Manto Sagrado por algum tempo. Ao todo, o lateral disputou 176 partidas com a camisa do Flamengo e marcou 5 gols. Além disso, o atleta se consagrou com o Rubro-Negro, visto que já é tri campeão Carioca, bi do Brasileirão e da Supercopa do Brasil e venceu a Libertadores de 2019, conquista mais importante de sua carreira.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Renê já conquistou quatro prêmios individuais por participação em campeonatos brasileiros.
    Além disso, apesar de cometer algumas falhas, como a do jogo em Quito, Renê já mostrou a sua capacidade de jogo e tem saldo muito positivo com a torcida.
    Joga com muita raça e bastante técnica. O fato de estar sempre na reserva, parece jamais tê-lo incomodado, pois sabe que na titularidade joga, nada mais nada menos do que, um dos melhores do mundo, em sua posição.
    Completará 4 anos de clube e não há qualquer motivo para a sua saída. Muito pelo contrário!