Com vitória sobre o La Calera, Flamengo ultrapassa Corinthians em pontos na história da Libertadores

FOTO: MARCELO CORTES/FLAMENGO

A goleada do Flamengo por 4 a 1 sobre o Unión La Calera, na última terça-feira (27), manteve o Rubro-Negro isolado no Grupo G da Copa Libertadores. Além da manutenção da ponta da tabela, a vitória representou um fator relevante para o Mengo. Com o triunfo, o Mais Querido alcançou 219 pontos na história da competição internacional, ultrapassou o Corinthians e passou a ser o sexto brasileiro com a maior pontuação.

VEJA O TOP 7
1º) Grêmio, 354 pontos: 207 jogos, 108 vitórias, 43 empates e 56 derrotas
2º) Palmeiras, 326 pontos: 199 jogos, 110 vitórias, 36 empates e 53 derrotas
3º) São Paulo, 294 Pontos: 191 jogos, 94 vitórias, 44 empates e 53 derrotas
4º) Cruzeiro, 285 pontos: 166 jogos, 95 vitórias, 32 empates e 39 derrotas
5º) Santos, 260 pontos: 149 jogos, 81 vitórias, 32 empates e 36 derrotas
6º) Flamengo, 219 pontos: 136 jogos, 74 vitórias, 29 empates e 35 derrotas
7º) Corinthians, 216 pontos: 122 jogos, 64 vitórias, 27 empates e 31 derrotas

Vale destacar que a atual edição da Copa Libertadores tem um sabor especial para o Flamengo. Isso porque, está é a quinta participação consecutiva do Clube da Gávea no torneio – quebrando o recorde da década de 80, quando disputou a competição mais importante do continente por quatro anos seguidos.

Após duas vitórias nos dois primeiros jogos, sobre Vélez e La Calera, o Rubro-Negro chegou aos seis pontos e, como já dito, lidera o Grupo G. Na segunda colocação vem a LDU, com quatro. Chilenos e argentinos completam a classificação do chaveamento.

CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO DO GRUPO G
Flamengo – 6 pontos 

LDU – 4 pontos
Unión La Calera – 1 ponto
Vélez – 0 pontos


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Em busca do tricampeonato da América, o Fla mira mais um triunfo na Libertadores, e dessa vez terá de enfrentar mais um adversário: a altitude. Na próxima terça-feira (01), às 21h30 (horário de Brasília), os comandados do técnico Rogério Ceni visitam a LDU, no Estádio Casa Blanca, em Quito, Equador, há 2.850m acima do nível do mar.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *