Braga desiste de exercer opção de compra, e Vitor Gabriel retorna ao Flamengo

FOTO: DIVULGAÇÃO/SC BRAGA

O Flamengo possui uma das categorias de bases mais fortes e, não à toa, revela inúmeros jogadores que despertam interesse da Europa. Cria do Rubro-Negro, Vitor Gabriel é um nome que chamou atenção do Braga, de Portugal, e foi emprestado ao clube em 2020. Apesar do destaque no futebol português, o clube optou por não exercer a opção de compra do atacante e, assim, o atleta retornará ao Mais Querido.

Vale destacar que, em maio de 2021, o Braga manifestou ao Flamengo a intenção de exercer a opção de compra de Vitor Gabriel. Na época, o clube português chegou a cogitar envolver Bruno Viana na negociação. No entanto, depois disso, as conversas para finalizar as negociações não aconteceram e, segundo informações do jornalista Venê Casagrande, a equipe do Velho Continente desistiu da contratação em definitivo do jovem atleta.

Com isso, o contrato de Vitor Gabriel com o Braga se encerra no dia 30 de junho. Após a data limite, o atacante de 21 anos retornará ao Flamengo, que tem contrato firmado com o jogador até 2023. Apesar disso, o objetivo do Mais Querido segue sendo de negociar o atleta e, com a negativa do clube português, já procura novo comprador para o Garoto do Ninho. A opção de compra girava em torno de 2,5 milhões de euros (R$ 16 milhões) na cotação atual.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


Vitor Gabriel chegou ao Braga em 2019 e, desde então, realizou 31 partidas pelo clube. Sendo 26 na última temporada, quando marcou 11 gols. Goleador no futebol português, o atacante conquistou a Taça Portugal 2021, em cima do Benfica, de Jorge Jesus. Agora, ele retorna ao Flamengo, onde disputou 1 jogo como profissional e distribuiu uma assistência na ocasião. Além disso, conquistou a Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Flamengo recebeu uma oferta por ele e o Braga não deixou vende-lo porque queria comprar e agora isso. O mínimo que tínhamos que fazer é devolver a bomba Bruno Viana abrindo espaço para a contratação de um zagueiro descente!