Clube árabe encaminha a contratação de Rodrigo Muniz

FOTO: ALEXANDRE VIDAL / FLAMENGO

Nesta sexta-feira (02), o Al Nasr encaminhou a contratação de Rodrigo Muniz, atacante do Flamengo. Os representantes do jovem chegaram a um acordo com o clube dos Emirados Árabes. O próximo passo para sacramentar a negociação é chegar a um denominador comum com o Rubro-Negro, para que o Mais Querido libere o jogador. A informação foi divulgada primeiramente pelo “Jornal O Dia”.

O desejo do Flamengo é receber  5 milhões de dólares, cerca de 25 milhões de reais, por 40% a 50% dos direitos econômicos de Muniz. O Clube da Gávea, vale destacar, já chegou a um acordo com o Desportivo Brasil para ficar com uma parte maior do valor, já que a equipe paulista também e dono de uma ‘fatia’ do atacante.

Nas últimas horas, o Al Nasr avançou nas negociações com o jogador, que se animou com os números apresentados. Os árabes ofereceram ao atacante um contrato de três anos, com salário de 4,5 milhões de dólares livre de impostos (aproximadamente 23 milhões de reais), bonificação de 5 mil dólares a cada gol e/ou assistência, além de casa e carro pagos pelo time.

Segundo a publicação do “Jornal O Dia”, os representantes do atleta, pensando em uma venda futura de Muniz, exigiram que o Al Nasr colocasse um valor de rescisão contratual dentro da realidade de um clube europeu: 15 milhões de euros. Pelo fato do jogador ser novo e promissor, os empresários acreditam que caso o Cria do Ninho faça boas apresentações nos Emirados Árabes, ele pode despertar o interesse do velho continente.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!



O Atlético de Madrid, outra equipe que estava na disputa pela contratação de Rodrigo Muniz, informou que não aumentará as ofertas pelo atacante, e praticamente desistiu do negócio. Devido ao bom tratamento dos árabes com o jogador e seu staff, o jovem muito em breve deve ser confirmado como novo reforço do Al Nasr.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Porém Marcos, eles se f****** pois o Flamengo foi atrás e causou uma bela dor de cabeça para este clube, até eles pagarem o valor em questão. O problema é que isto foi na direção do Bandeira, não sei se essa diretoria de m**** vai ter pulso firme para cobrar novamente, caso os árabes vacilem de novo!

  • Pois é

  • Cuidado diretoria! É o mesmo clube que deu calote no Flamengo pela venda do Hernane Brocador em 2014!