Craque Neto pede titularidade de Gabigol na Seleção Brasileira e alfineta Tite: “É uma vergonha atrás da outra”

FOTO: REPRODUÇÃO/BAND

No último domingo (18), o Flamengo atropelou o Bahia por 5 a 0, dentro do Estádio do Pituaçu, em jogo válido pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Autor de três dos cinco gols marcados pelo Mais Querido, Gabigol foi o astro da noite e, não à toa, recebeu uma série de elogios nas redes sociais. O ex-jogador e apresentador Craque Neto, rasgou elogios ao camisa 9 da Gávea, pediu a titularidade dele na Seleção Brasileira e alfinetou Tite, que convocou o atacante para a Copa América, mas quase não o utilizou.

Grande Tite. Treinador da Seleção Brasileira há seis anos, né, Tite? No Corinthians você é o maior ídolo como treinador, ninguém é melhor do que você, cara, nem Oswaldo Brandão. Mas, na Seleção, que vergonha, hein? É uma vergonha atrás da outra. Você colocar o Gabigol para jogar 10 minutos você está de brincadeira… -, disse Neto, que prosseguiu:

Você assistiu o jogo do Gabigol? Você assistiu o jogo do Gabigol contra o Bahia? Meteu três. Pegou a bola e vai pedir a música pro Tadeu Shimidt. E você ainda coloca Firmino, Gabriel Jesus… E tá aqui o Júnior, que quer o Gabigol, mas você não vai colocar o Gabigol de titular… Então, está ai a minha Seleção. Então, gente, vê se eu não sei mais de bola que o Tite ou não? Essa é a Seleção que eu queria como titular. Vê se não é melhor que a do nosso querido Tite. Pode ver se não é melhor… Se não é melhor escalada, tem mais velocidade -, concluiu o ex-jogador, que compartilhou a sua “Seleção ideal”.

Segundo Neto, com Gabi, os titulares do Brasil seriam: Weverton (Palmeiras), Gabriel Menino (Palmeiras), Jemerson (Ex-Corinthians), Marquinhos (PSG) e Alex Telles (United); Casemiro (Real Madrid), Gerson (Olympique de Marselha) e Marinho (Santos); Neymar (PSG), Hulk (Atlético-MG) e Gabigol (Flamengo).


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Para os reservas, mais três nomes do Mais Querido figuram entre os preferidos do apresentador, que convocaria: Ederson (City), Diego Alves (Flamengo), Fagner (Corinthians), Geromel (Grêmio), Luiz Otávio (Bahia), Reinaldo (São Paulo), Luan (São Paulo), Veiga (Palmeiras), Richarlison (Everton), Pedro (Flamengo), Bruno Henrique (Flamengo) e Cebolinha (Benfica).

Após o hat-trick contra o Bahia, em sua estreia no Brasileirão pós Seleção Brasileira, Gabigol muda a chave e se prepara para a decisão contra o Defensa y Justicia, pela Libertadores. A partida será disputada nesta quarta-feira (21), às 21h30 (horário de Brasília), no Mané Garrincha, e vale vaga nas quartas de final da competição continental. Por ter vencido o jogo de ida, o Mengo tem a vantagem do empate para sacramentar a classificação.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *