Flamengo mantém cautela com retorno de público e não projeta lucro com ingressos em orçamento

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

O futebol brasileiro está sem público desde o início da pandemia de Covid-19, em março de 2020. Não à toa, o Flamengo teve o orçamento afetado e contabilizou R$ 200 milhões em perdas de bilheteria e sócio-torcedor. No entanto, com o retorno de torcida aprovado pela Libertadores, a tendência é que as demais competições sigam o caminho, porém, o Rubro-Negro está cauteloso desta vez.

O Flamengo defende a volta gradual do público aos estádios e, por enquanto, não conta com a renda da bilheteria para fechar as contas deste ano. Apesar disso, internamente, o lucro com ingresso é visto como bem-vindo aos cofres rubro-negros.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


Sendo assim, o Flamengo não mexeu oficialmente no orçamento, e o clube carioca prevê os números da temporada 2021 com lucro zero de bilheteria. Cabe ressaltar que a primeira experiência do Rubro-Negro com público no estádio está marcada para quarta-feira (21), contra o Defensa y Justicia. Neste duelo, a expectativa é de obter um pequeno lucro. A informação foi inicialmente divulgada pelo Uol.

Os clubes brasileiros estão na esperança do retorno dos torcedores ao estádio para que as finanças sejam aliviadas. Como dito, por enquanto somente a Conmebol autorizou torcida em suas competições e, sendo assim, a CBF ainda precisa definir o planejamento para o retorno gradual de público ao Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *