Flamengo tem time titular completo pela primeira vez desde a final da Copa América

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

O Flamengo se prepara para receber o Defensa y Justicia (ARG) nesta quarta-feira (21), pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa Libertadores da América. Para a partida, o técnico Renato Gaúcho terá o time titular completo à disposição pela primeira vez desde o fim da Copa América.

Gabigol foi o último jogador a voltar ao Mais Querido depois de servir à Seleção Brasileira. O camisa 9 foi punido internamente pelo Fla com um jogo de suspensão depois de um episódio de indisciplina. Com isso, o atacante ficou de fora da partida contra a Chapecoense e só retornou a campo na última quarta-feira (14), quando o Rubro-Negro venceu o Defensa y Justicia por 1 a 0 pela ida das oitavas de final da Libertadores.

Na ocasião, Renato Gaúcho fez sua estreia à frente do Flamengo, no entanto, sem a presença de Bruno Henrique e Rodrigo Caio, lesionados, além de Diego Ribas, em processo de transição, e Willian Arão que cumpria suspensão. Agora, todos os atletas estão novamente à disposição do Mengo e, com isso, o time poderá ir completo para enfrentar os argentinos na partida que decide a vaga para as quartas de final do torneio continental.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Com todos os titulares à disposição, a tendência é que Renato Gaúcho mande a campo a seguinte escalação: Diego Alves, Isla, Rodrigo Caio, Gustavo Henrique (Léo Pereira) e Filipe Luís; Willian Arão, Diego, Everton Ribeiro, Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabigol. Apesar da lista de relacionados para o duelo não ter sido divulgada, a tendência é que os desfalques sejam: Thiago Maia, Piris da Motta e César.

Sendo assim, o Flamengo se prepara para ir com tudo para cima do Defensa y Justicia nesta quarta-feira (21), quando enfrenta os argentinos no Mané Garrincha, em Brasília, a partir das 21h30 (horário local). O duelo marcará o retorno do 12º jogador rubro-negro: a Nação. Com público liberado, o Fla luta para garantir vaga nas quartas de final da Libertadores, com a vantagem do empate após ter vencido o primeiro compromisso por 1 a 0, na Argentina.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *