Libertadores em Brasília: presidente do Defensa admite ter sido avisado sobre mudança de estádio em jogo contra o Fla

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

Nesta quarta-feira (14), o presidente do Defensa y Justicia, José Lemme, confirmou o desejo do Flamengo em mandar o jogo de volta das oitavas de final da Copa Libertadores da América no Mané Garrincha, em Brasília. Em entrevista ao Correio Braziliense, o mandatário da equipe adversária disse já estar com a logística preparada para a viagem, e garantiu não ter sido ‘consultado’ sobre a presença de público no estádio.

–  Fomos informados sobre a mudança do estádio, nada mais. Na verdade, o prejuízo é todo nosso, que não podemos jogar com público (na partida de ida desta quarta-feira, na Argentina). Cada um que assuma as suas responsabilidades, mas asseguro que nós não nos assustaremos se tivermos de jogar com público. Esperamos apenas que todos os planetas estejam alinhados e Deus esteja novamente conosco, como naquela noite contra o Palmeiras (relembrou o título da Recopa Sul-Americana) -, disse José Lemme.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Ainda em relação à possibilidade de contar com a presença de público no jogo de volta das oitavas de final, marcado para o próximo dia 21, o presidente do Defensa y Justicia descartou qualquer possibilidade de trazer torcedores ao Brasil. “Eu prefiro que as pessoas fiquem em casa e se cuidem. Nós estamos com muitos problemas aqui na Argentina.”

O primeiro confronto entre Flamengo e Defensa y Justicia será disputado nesta quarta-feira (14), no Estádio Norberto Tomaghello. A bola vai rolar às 21h30 (horário de Brasília), e você poderá torcer pelo Mengo com o Coluna do Fla e a transmissão mais rubro-negra da internet. Rafa Penido comanda a narração, que terá comentários de Tulio Rodrigues e reportagem de Letícia Marques.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *