VP do Fla confirma entrega de protocolo para liberação do público no Maracanã e retruca Eduardo Paes

FOTO: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM DUNSHEE

Nesta quarta-feira (28), Eduardo Paes publicou em seu Twitter o novo pedido do Flamengo para a volta de público ao Maracanã. Após muitas farpas trocadas entre o prefeito do Rio de Janeiro e Marcos Braz nas redes sociais, o vice-presidente geral e jurídico do Rubro-Negro, Rodrigo Dunshee, resolveu se manifestar e disse aguardar por uma resposta positiva da Secretaria de Saúde e da Prefeitura.

“Flamengo entregou hoje o 3º protocolo aqui no RJ. Um foi indeferido em minutos, outro recebeu pedido de ajustes e agora o terceiro com os ajustes pedidos. Esperamos que agora o RJ siga a linha de cidades como BH 30%, Brasília 25%, Cuiaba 35%. Não tem ninguém leviano aqui no Fla”, escreveu Dunshee.

Posteriormente, o VP geral e jurídico do Flamengo, ao ser ironizado e questionado por Eduardo Paes sobre utilizar o Twitter como ferramenta para criar polêmicas acerca do assunto ‘volta do público’, respondeu: “Prefeito, não queremos briga, queremos apenas que vocês analisem isso com justiça. O Rio é nossa cidade. O futebol é a alegria do Brasileiro. Como o senhor apoiou o esporte olímpico apoie o futebol da sua cidade. A gente está pedindo 30%.”

No protocolo enviado pelo Clube da Gávea nesta quarta (28), a sugestão é de que seja permitida 30% da capacidade do Maracanã, isto é, 21.027 torcedores. O documento é baseado em métodos adotados em Belo Horizonte e Mato Grosso, cidades que recentemente liberaram parcialmente a volta do público nos estádios.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Além disso, o protocolo elaborado pelo Flamengo prevê que os torcedores estejam vacinados com as duas doses ou com a vacina de dose única, há pelo menos 15 dias antes do jogo. Outra opção para o espectador seria apresentar teste negativo de Covid-19, realizado com antecedência de até 72h.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Os VPs do Flamengo ainda não entenderam a ficha corrida do atual prefeito do Rio de Janeiro, envolvido no grupo político com mais presidiários da história do país. Sem o faz- me rir nenhuma liberação sai da secretaria de saúde. O Brasil é o país que mais elege corruptos na face da Terra.