Vice-presidente de finanças do Fla esclarece rótulo de brecar contratações: “Não tomo decisão sozinho”

FOTO: REPRODUÇÃO

Mesmo possuindo um dos melhores elencos do futebol brasileiro, o Flamengo segue tentando se reforçar. Mas não basta só querer gastar em novos jogadores, já que todas essas decisões devem passar pela aprovação do departamento financeiro. O vice de finanças do clube, Rodrigo Tostes, concedeu entrevista ao jornalista Venê Casagrande e falou sobre o tema, além de sua relação com o presidente Rodolfo Landim.

Vou ser sincero e acho que faz parte do mundo do futebol. A minha relação com o futebol, com o presidente e todos é a melhor possível. Não existe nenhuma aresta, a gente dá risada com meme e se liga e fala todo dia. A gente sabe que o Flamengo é um regime presidencialista, quem assina é ele e funcionamos mais como suporte e ajuda, mas as decisões são do presidente -, disse Tostes.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


Nesta janela de meio do ano, Marcos Braz e Bruno Spindel viajaram à Europa em busca de contratações e voltaram com os negócios fechados de Andreas Pereira e Kenedy. Outros nomes de possíveis reforços são constantemente ventilados na Gávea, inclusive o do zagueiro David Luiz. Entretanto, há quem diga que o VP de finanças é a pessoa que teria o poder de vetar novos jogadores e renovações de contrato.

Logicamente não é verdade, apesar de não me importar. As decisões são discutidas, analisadas e têm que se provar. Não tomo decisão sozinho e nem tenho autonomia para fazê-lo. Quando tenho dúvida sobre assunto, penso e ligo para vários deles. Esse é nosso conceito. Essa é a fórmula de sucesso até aqui, dividir funções e nosso objetivo é somar o clube -, afirmou o dirigente.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Muito bom.
    Acho que o caminho correto, o que realmente faz a força e o sucesso do clube é o trabalho em equipe.
    A discussão dos assuntos importantes com a participação de todos os gerentes, qualifica em muito, as decisões e fortifica mais ainda a relação entre eles.