Após Renato ‘balançar’ no cargo, diretoria do Flamengo procura técnicos estrangeiros 

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

A eliminação do Flamengo na semifinal da Copa do Brasil, na última quarta-feira (30), mostrou que o time vem regredindo nas mãos de Renato Gaúcho. Após o duelo, inclusive, o treinador chegou a pedir demissão, mas foi convencido por Marcos Braz e Bruno Spindel a ficar no clube. Em meio a essas incertezas, a diretoria do Flamengo já se movimenta nos bastidores atrás de técnicos e está à procura de nomes estrangeiros.


As melhores ofertas para produtos do Flamengo: aproveite desconto e brindes!


Segundo divulgou o site “Gazeta Esportiva”, a cúpula rubro-negra iniciou sondagens ao mercado de treinadores através de pessoas de fora do clube. Um dos nomes de consenso seria o do português André Villas-Boas, que já trabalhou no Chelsea (ING), Tottenham (ING), Porto (POR) e Zenit (RUS), além de ter sido auxiliar de José Mourinho, no início da carreira. Atualmente está sem clube.

Além de André Villas-Boas, outros dois nomes também são bem vistos pelos dirigentes do Mengo. Um deles é Carlos Carvalhal, comandante português que está no Braga (POR) e já teve o nome especulado no Mais Querido. O outro é de um velho conhecido: Reinaldo Rueda, técnico colombiano que dirigiu o Flamengo em 2017 e se demitiu para treinar a Seleção Chilena no fim daquele ano.

Com Renato Gaúcho no comando, é com todos esses ingredientes que o Rubro-Negro vai para o duelo contra o líder do Brasileirão, neste sábado (30). O Clube da Gávea recebe o Atlético-MG no Maracanã, às 19h (horário de Brasília), pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. Um novo tropeço pode fazer com que o treinador deixe o cargo de técnico da equipe.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • O nome adequado para o cargo é Zidane

  • Isso mesmo! A melhor forma do Jesus nos fazer esquecer de sua triste saída é voltar logo para continuar de onde parou. Afinal, a pandemia parece que não é mais uma grde ameaça, p todos.

  • Melhor trocar agora , melhor correr o risco do que ir com Renato gaúcho .
    Outra coisa essa diretoria está uma zona , proficionais sendo contratado sem experiência , e os bons que tinhamos saíram devido a não valorização proficional.

  • Rueda não, saiu mal do Flamengo e não fez bom trabalho nem aqui nem no Chile. Um nome que eu gosto mas não sei se estaria disponível é o José Pékerman. De qualquer forma, trocar de técnico agora é um risco enorme. O novo técnico teria menos de um mês pra ajustar o time pra libertadores, e um monte de jogos nesse período, o que impede de tirar alguns dias pra treinar a equipe. Nenhum técnico do mundo garantiria resultados nessas condições.