Arão minimiza empate com o Bragantino e afirma: “A gente continua acreditando”

Nesta quarta-feira (06), o Flamengo deixou a desejar e empatou com o Bragantino em 1 a 1, fora de casa. O resultado foi longe do esperado, visto que o Mengo desperdiçou a oportunidade de diminuir a vantagem do Atlético-MG,  líder, que não venceu na rodada. Ao final do duelo, Arão, capitão da equipe, analisou a partida.

Sabíamos que ia ser um jogo difícil. Fizemos de tudo para vencer e buscamos o resultado. Acho que não prejudica muito porque até onde eu sei o Atlético-MG tropeçou. A gente tem chance ainda. A gente continua acreditando -, disse.


Quer comprar produtos do Flamengo pela internet? Conheça a loja mais rápida e segura!


Com o empate, o Flamengo chegou aos 39 pontos e estacionou na terceira posição da tabela, atrás de Atlético-MG e Palmeiras, líder e vice, com 50 e 42 pontos, respectivamente. Vale destacar, no entanto, que o Mengo ainda tem dois jogos a menos que os rivais diretos na briga pelo tricampeonato.

Sem tempo para lamentar, o Flamengo precisa virar a chave e se concentrar no próximo desafio: o jogo contra o Fortaleza, no sábado (09). A bola vai rolar no Estádio Castelão, às 19h (horário de Brasília), e você poderá acompanhar a transmissão mais rubro-negra da internet com o Coluna do Fla.

VEJA A ANÁLISE DO EMPATE COM O BRAGANTINO:

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • E pra completsar: contratem um goleiro de verdade. Estes reservas não jogam nada, sãouns frangueiros metidos a besta!

  • A CBF prejudica? Sim, prejudica, mas escalar esta mulambada de Vitinho, Leo Peneira, Rene…era peferível escalar o sub20. Acabou! Brasileirão só o ano que vem. E ainda tem gente que acredita, acredita em mula sem cabeca, promessa de político, saci pererê.. Lula presidente. Chega não dá para torcer por esta M de time. Além de tudo, ainda entram de má vontade! Acorda Renato , acorda diretoria deste jeito nem a copa do Brasil!

  • Esse jogo mostrou que alguns jogadores devem ser colocados “ad etternum” no banco, ou serem vendidos pra Arábia na primeira oportunidade. Caso de Léo Pereira. Com outros seria bom colocá-los com um sinal amarelo, como Vitinho e Thiago Maia, que não jogaram absolutamente nada. Vitinho então chegou a lembrar o Berrío, que só tomava decisões erradas: quando tinha que chutar passava, e quando tinha que passar chutava.
    O gol que Pedro perdeu na cara do gol fez falta.
    Não poderíamos nem empatar esse jogo. Poderíamoss estar a 9 pontos do Atlético-MG, e empatamos um jogo ganho. E o goleirinho Gabriel Batista, depois de fazer uma defezaça, aceita um chute que, com certeza, Diego Alves defenderia até com certa facilidade. Não dá pra confiar. Ou seja, foi uma noite horrível, pra esquecer. Se quisermos ser campeões brasileiros novamente, não podemos dar mais esses moles. Chega de “flamengadas”.

  • Cadê os babaca fazendo campanha pra David Luiz Kenedy Andrés cada um Ganha um milhão e não joga nada