Árbitro de Flamengo e Athletico-PR revela na súmula motivo de voltar atrás em expulsão de Kayzer

FOTO: REPRODUÇÃO/ TV GLOBO

Nesta terça-feira (02), o Flamengo foi ao sul do país e apenas empatou com o Athletico-PR, em jogo adiado da quarta rodada do Brasileirão, por 2 a 2. A partida foi brigada do começo ao fim, e o árbitro do duelo cometeu um erro, mesmo após consultar o VAR, e prejudicou o Mengo. Ao fim do confronto, Marielson Alves Silva explicou na súmula o motivo de ter retirado o cartão vermelho de Renato Kayzer.

Na ocasião, o jogador do time paranaense acertou três socos, um empurrão e um chute no zagueiro Léo Pereira, e foi expulso de forma direta. Entretanto, depois de revisar o lance, o árbitro voltou atrás: “Cartão amarelo aplicado a Renato Kayzer por golpear o seu adversário de maneira temerária fora da disputa de bola”, relatou no documento.

Para o comentarista de arbitragem, Sandro Meira Ricci, a anulação da expulsão de Renato Kayzer foi um erro gravíssimo. Segundo o ex-árbitro, a decisão tomada em campo por Marielson Alves Silva foi acertada e o VAR não deveria tê-lo chamado na beirada do campo.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Com o resultado, o Rubro-Negro estacionou na terceira posição do Brasileirão com 50 pontos. Sem tempo de lamentar, os comandados de Renato Gaúcho entram em campo já na próxima sexta-feira (05), em partida adiada da 19ª rodada da competição, contra o Atlético-GO. A bola rola às 21h30 (horário de Brasília), no Maracanã, e só a vitória interessa ao Mengão, para seguir lutando pelo tricampeonato brasileiro.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Teve uma época no RJ que, em um mês antes do Desfile das Escolas de Samba, os bicheiros se reuniam e definiam quem ia ser campeã (isto durou aproximadamente uns 10 anos). Este ano, na área do futebol, a CBF deu início de quem será o campeão brasileiro de 2021, será que ano que vem vai ocorrer de novo? Em ambas às áreas, rola muito dinheiro para alguém abrir mão para o adv ganhar.

  • O que acho estranho, estranho mesmo e que o ARNALDO RIBEIRO FOI DEMITIDO DO SPORTV porque disse que os árbitros têm seu grupinho de WhatsApp e que o VAR sofre interferências da CENTRAL DO APITO GLOBO….ARNALDO RIBEIRO DIZ ISTO NUMA LIVE NO YOUTUBE….Porque denúncias tão graves não são investigadas? Porque a Diretoria do Flamengo não vai atrás disto?

  • Se Chico Anisio fosse vivo(apesar de vascaino), iria fazer piada com este juiz até o final do
    ano, “Cartão amarelo aplicado a Renato Kayzer por golpear o seu adversário de maneira temerária fora da disputa de bola” , na realidade foram 3 SOCOS E 1 PONTAPÉ de maneira
    temerária fora da disputa da bola, só um amarelo e isso DEPOIS DO VAR chamar o árbitro
    pra que ele visse e revisse os 3 SOCOS E 1 PONTAPÉ, ai o cara vê toda agressão, e muda o
    cartão, fala sério, se você contar isso pra um italiano, espanhol ou alemão ele vai achar que
    está ouvindo UMA PIADA. Se mencionar outra coisa mais próxima da realidade pode ser
    processado pela CBF.

  • O VAR é suspeito.
    Em nenhum jogo em que os componentes do VAR estiveram presentes, o Mengão ganhou.
    O juiz deixou a porrada comer solta e os jogadores do Athlético bateram para valer. Todo mundo viu! Na saída para o intervalo, a substituição deste babaca do Kayzer era dada como certa, pois estava louco (ou cheirado). SERÁ QUE HOUVE TESTE ANTIDOPING para este imbecil?
    Muita coisa estranha acontecendo nos jogos contra o Athlético. Primeiro foi a falta sofrida pelo Caio, no lance do segundo gol no primeiro empate da Copa do Brasil, depois, esta lambança arbitral, na baixada.
    Acho que tem muita coisa preparada para o ano do galo.
    SE O GALO PERDER ALGUMA COISA, O FUTEBOL EM MINAS ACABA. ENTÃO, ESTÃO PREPARANDO ALGO ILÍCITO.

  • “Ação temerária e fora da disputa de bola”. O que precisa mais que isso? O cartão vermelho era justo, e mais que isso, necessário pela aguda conduta antidesportiva. O jogo jogado era pra ser futebol (onde só o goleiro usa as mãos) e não MMA. Lamentável a decisão que interferiu sim, no resultado. Mas sabemos porque o VAR interferiu e a mando de quem. A ordem é barrar as aspirações do Flamengo. Politicamente é a vez de outro ganhar, mesmo que tenha uma qualidade e um investimento menor. O grande problema é que, sem técnico a altura, estamos colaborando muito com a conspiração.

  • Rapaz, eu até engoliria um segundo cartão amarelo e depois uma expulsão do Léo Pereira, sob a alegação de que ele havia agredido primeiro ou estava envolvido na confusão. Mas cancelar o cartão vermelho do adversário? Juro que fiquei pasmo ao ver o lance pela TV!

  • Var mineiro..tá feio pra CBF

  • Sinto-me indigno a assistir ou comentar partidas de futebol, por um motivo simples: acho que não conheço as “regras do futebol brasileiro”. Isso mesmo que você leu: as regras aqui no Brasil são diferentes e confesso ser um completo ignorante nesse ponto. Só para citar dois exemplos recentes, no jogo contra o Cuiabá, em um dos lances a anulação de um gol pelo árbitro Flávio Rodrigues de Souza em que o zagueiro adversário dá continuidade à jogada, perde a bola e o Michael fez o gol, que o VAR e o juiz indicaram impedimento. No final do jogo, pênalty não marcado no Vitinho, mas que 3 dias depois, contra o Athletico-PR, em lance similar foi marcado para o Flamengo… Tá bom, vai, vamos fingir que foram apenas erros grotescos… Mas ontem no Paraná eu descobri que não conheço as regras tupiniquins do futebol. Independentemente se o lance era de expulsão ou não, eu sempre pensei que o VAR tinha o papel de auxiliar o juiz, com a utilização da tecnologia, nos lances em que o olho humano não percebesse certas nuances da jogada capazes de afetar o resultado de uma decisão tomada ou não em campo. Não foi o que aconteceu ontem. O VAR chamou o árbitro para alertá-lo não de algo que ele não tenha visto, mas para o que ele efetivamente viu a 3 metros de distância. Trata-se, pois, de uma inovação da regra da FIFA. O futebol no Brasil está tão à frente do resto do mundo que se dá ao luxo de inovar com a aplicação de regras diferentes aos domingos e quartas-feiras e ainda por cima “aprimorar” as regras internacionais, nela introduzindo mais um artigo do visto pelo não visto. Deixa para lá. Vou assistir à Champions mesmo, pois pelo menos lá acho que conheço as regras do esporte.

  • Jogador deu um golpe e por isso recebeu amarelo? Dar um golpe é pra cartão vermelho. Ou seja, foi roubado descaradamente. É tipo colocar na sumula que o jogador meteu a mão na bola dentro da área e por isso o pênalti não foi marcado. O gaciba deveria demitir esse árbitro pra ficar menos na cara o que a CBF está fazendo, mas eles nem fazem questão de disfarçar.

  • É simples, quando a arbitragem erra a CBF não liga e ninguém quer saber se o time que foi prejudicado pode perder um campeonato e dinheiro!!!! Eita campeonato brasileiro sem moral!!!!

  • O cara descreve um lance claro para cartão vermelho para justificar só o amarele” golpear o adversário de maneira temerária e fora da disputa de bola”.

  • Bom dia Nação. Sou Flamengo antes mesmo de nascer. Marcos braz Renato Landin e os jogadores não tem culpa nenhuma da situação que ainda não está nada perdido. Agora essa merda de cbf esse bundão do tite esse pau mandado do juninho o médico da seleção que pertence ao atlético mineiro e esse calendário maldito literalmente fdu o Flamengo. Resumindo! A torcida não tem que ficar pedindo a saída do Renato. Vai botar quem? Felipao?Joel Santana? Rogerio Ceni? Esse merda que treina o vasquinho. Cacete! Não tem ninguém agora não. E tentar apoiar pra gente levar os dois TRIS, Brasileirao e Liberta. Vamos pra cima dos adversários, cbf, tite, juninho baba ovo, médico da seleção puxa saco, e vamos ganhar esses dois títulos. Salve Nação MENGAOOOOO.

  • É uma vergonha o que vem acontecendo no nosso futebol, tá cada vez mais evidente que o nosso futebol é manipulado pela CBF não tem como pensar de outra forma não é possível dois erros grave consecutivo contra a mesma equipe e favorecendo o mesmo adversário por isso que é que estamos perdendo o prestígio de ter o melhor futebol do mundo por causa dessa entidade vergonhosa chamada de C B F.

  • Belo Horizonte é um polo futebolistico importante para o Brasil e fonte de renda permanente para a CBF. Cruzeiro e Athético são muito mais populares que o América. Os dois primeiros geram grandes receitas. Infelizmente o cruzeiro está na segunda divisão e dificilmente retona no ano que vem. A visão da CBF é que Minas através do Athético precisa de um titulo Nacional senão o torcedor mineiro pode afastar muito das bilheterias gerando um enfraquecimento problemático de arrecadação por lá. Para garantir o mercado mineiro a CBF através dos seus dirigentes estão dando até a “bunda” para o titulo deste ano ficar em Minas. As atuações absurdas de alguns salafraios do apito como ontem contra o flamengo é orientada pela CBF, podem acreditar pois hoje o futebol, é dinheiro, haja vista que a seleção Nacional quase não joga por aqui. Quem paga leva.

  • GOLPE!!!? DESDE QUANDO O FUTEBOL PODEMOS GOLPEAR ALGUÉM, AVISA A ESTE SEM NOÇÃO ME JUIZ DESINFORMADO QUE MESMO SEM QUERER E FALTA, QUE VALE A INTENSÃO DO ATO QUE ERA MESMO ACERTAR O ADVERSÁRIO SOCOS E CHUTES,RIDÍCULO ESTE BRASILEIRÃO,CBF ESTÁ DANDO LITERALMENTE O TÍTULO AO GARNIZÉ PARA ACALENTAR OS 50 ANOS,SEM FALAR NOS EPISÓDIOS ANTERIORES,PALHAÇADA…ENVERGONHA A TODOS OS BAHIANOS…