Michael destaca momento no Flamengo e despista sobre gol na Libertadores :”O que vale é ser campeão”

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

Na noite da última sexta-feira (05), o Flamengo ganhou o Atlético-GO, por 2 a 0, no Maracanã. O jogo atrasado era válido pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. Destaque da partida, Michael marcou os dois gols e comandou o Mais Querido no triunfo. No programa ‘Resenha de Craque’, da FLA TV, o jogador comentou diversos assuntos e respondeu se deseja marcar o tento do título da Libertadores.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


— Todo mundo sonha em jogar a Libertadores, fazer gol ou não, é o momento. Eu nunca fui ligado em ser o melhor jogador, artilheiro. Prêmios individuais, eu não ligo, eu gosto de ganhar. Meu maior sonho não é fazer o gol, é ser campeão dela. Eu queria ganhar, eu tenho prazer nisso. No final das contas o que vale é ser campeão -, disse o cmais 19.

Michael caiu nas graças da torcida e com Portaluppi é peça importante no elenco. Atualmente, ele é o artilheiro do Flamengo no Brasileirão, com nove gols, junto com Bruno Henrique. O atleta vive a melhor temporada desde que chegou ao Mengo, Na temporada soma ao todo 14 tentos e nove assistências. Vale destacar que boa parte de seus números foi conquistado com o camisa 19 vindo do banco de reservas.

Com Michael em grande momento, o técnico Renato Gaúcho terá o jogador à disposição contra a Chapecoense. A partida é válida pela 30ª rodada do Brasileirão e acontecerá às 20h (horário de Brasília), na Arena Condá. O Flamengo é vice-líder na tabela, com 53 pontos, enquanto a equipe de Chapecó é lanterna do torneio nacional e soma apenas 14.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Como esse mundo da voltas, de jogador contestado anteriormente, inclusive com alguns nutelas pedindo a sua saida, a melhor jogador do flamengo da atualidade, inclusive assegurando por mais uns dias o emprego do contestado Renato Gaucho, acho que se nao fosse ele, o Renatao ja teria sambado a muito tempo, isso justifica o beijo na testa que o Renato deu no Micha ontem contra o Atletico goianiense, foi mais ou menos assim, obrigado nanico, muito obrigado por assegurar meu emprego por mais uns dias, kkkkkkkkkkkkkkkkk