“Quem tiver uma lesão agora, fica fora da final”: Renato pede atenção redobrada para evitar contusões no Flamengo

FOTO: DIVULGAÇÃO / FLAMENGO

O Flamengo vem sofrendo com inúmeras lesões já há alguns meses. Em outubro, por exemplo, foram 14 contusões, praticamente uma a cada dois dias. Por isso, de olho na final da Libertadores da América, contra o Palmeiras, em 27 deste mês, Renato Gaúcho não esconde a preocupação com a condição física dos jogadores.

 

Após a vitória por 2 a 0 sobre o Atlético-GO, nessa sexta-feira (05), Renato Gaúcho foi questionado quanto ao planejamento até a decisão da Libertadores. Portaluppi não descarta poupar durante essa reta final do Campeonato Brasileiro, pois há, de fato, temor  com possíveis contusões no clube carioca.


Quem será o próximo a perder para o Mengão? Saiba como lucrar com previsões esportivas!


Nós temos o Brasileiro, um sonho, estamos correndo atrás e precisamos jogar esses jogos. Teremos riscos, sim. É lógico que, se um jogador correr risco de sofrer uma lesão, a gente vai segurar, nós não somos loucos, precisamos para o dia 27 -, disse Renato Gaúcho, em entrevista coletiva nessa sexta-feira (05). Ele ainda concluiu:

O jogador que tiver uma lesão agora, principalmente muscular, fica fora da final. Treinamos neste sábado de novo, domingo viajamos e segunda temos outro jogo. O Flamengo não consegue dormir e nem se alimentar direito, mas daqui a pouco a gente pode acabar tropeçando e vão falar que falta isso ou aquilo no time. Mas enquanto houver chance, vamos brigar pelo Brasileirão.

Atento às lesões, o Departamento Médico avaliará o elenco para saber quem tem ou não condição de entrar em campo na segunda-feira (08), contra a Chapecoense. O jogador que apresentar desgaste muscular elevado, será poupado do jogo. O confronto terá início às 20h (horário de Brasília) e será disputado na Arena Condá, válido pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *