Técnico português sondado pelo Flamengo classifica time árabe ao Mundial de Clubes

Leonardo Jardim levou o Al-Hilal ao segundo título asiático e pode encontrar Flamengo no Mundial de Clubes


Um dos nomes mais cotados para assumir o Flamengo após a saída de Jorge Jesus, em 2020, Leonardo Jardim está apresentando um trabalho consistente no Al-Hilal, da Arábia Saudita e, curiosamente, pode fazer confronto com o Mengo, em fevereiro. Isso porque, nesta terça-feira (23), o clube árabe se sagrou campeão asiático e garantiu vaga no Mundial de Clubes da FIFA.

Caso o Flamengo vença a Libertadores, neste sábado (27), portanto, os clubes podem se enfrentar na semifinal do Mundial, reeditando o confronto de 2019, no qual o Mengo venceu por 3 a 1, de virada. Além do Al-Hilal, o torneio já conheceu outros cinco classificados, são eles: Chelsea (Inglaterra), Al Ahly (Egito), Monterrey (México), Auckland City (Nova Zelândia) e Al-Jazira (Emirados Árabes Unidos).


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Em 2020, Jardim foi consultado pela diretoria do Flamengo, mas não demonstrou interrese de sair da Europa naquele momento, e o Fla acabou contratando o catalão Domènec Torrent. Contudo, posteriormente, o treinador português considerou a possibilidade de comandar um time brasileiro e, de acordo com publicação do jornal francês “L’Équipe”, daria preferência ao Mais Querido.

Agora, como citado, o Flamengo tem a chance de disputar o Mundial de Clubes 2021 e enfrentar o time comandado por Leonardo Jardim, na semifinal. Mas, para isso, o Mengo mantém foco total na grande decisão da Libertadores, contra o Palmeiras, neste sábado (27). O confronto será disputado às 17h (horário de Brasília), no Estádio Centenário, em Montevidéu, no Uruguai.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *