“Foi a primeira pessoa que nos reunimos”, diz Braz sobre preferência por Paulo Sousa

Dirigente detalha pontos cruciais para escolha e nega demora na decisão pelo português


A missão do Flamengo na Europa, em busca de treinador, chegou ao fim após a oficialização de Paulo Sousa pelas próximas duas temporadas. A decisão pelo português foi bastante celebrada por Marcos Braz, vice-presidente de futebol do clube, que, inclusive, relevou alguns detalhes sobre o primeiro encontro entre as partes. De acordo com o dirigente, a escolha, além de fácil, foi rápida de ser tomada.

Foi muito intenso, mas não foram tantos dias assim. Deram uma conotação pejorativa, tinham interesse nisso, achando que tinha novela, mas não teve nada. O Flamengo chegou aqui em uma semana e na outra já tinha técnico e comissão definida. O técnico que contratamos já tinha um contrato e tínhamos que respeitar a maneira de encerramento desse contrato. Ele fez boas relações e, com muito cuidado, da maneira dele, encerrou a passagem. Ele foi a primeira pessoa que nos reunimos. Foi uma reunião extensa, logo um dia depois da nossa chegada.

Nós fizemos algumas reuniões para que déssemos algumas informações do que ele estava precisando. O Paulo conhece bem o elenco, mas precisava de outras informações internas para trabalhar e já está fazendo isso há um tempo. O Paulo é uma pessoa preparada, com uma comissão técnica bem acima da média. Alguns pontos nos deixaram tranquilos.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Paulo Sousa chegará ao Brasil na próxima terça-feira, dia 04 de janeiro, ao lado de Marcos Braz e sua comissão técnica – composta por sete membros de três países diferentes. Os trabalhos, contudo, só terão início dia 10, no período matutino, no Ninho do Urubu.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Esse Braz tá mentindo q só político, afora incompetente e cheio de si , borsal que nem os mesmos

    Fora BRAZ, SPINER, o técnico escolhido é ruim mas n tem culpa, tá com dias contados