Imprensa polonesa coloca Flamengo como ‘plano B’ de Paulo Sousa

Federação Polaca pretende mantê-lo à frente da Seleção pelo menos até março, período do play-offs para a Copa do Mundo


O Flamengo iniciou neste domingo (19) a série de reuniões e encontros com possíveis treinadores para 2022. Um dos nomes tidos como prioridade, considerado até um dos mais próximos do Rubro-Negro, é o de Paulo Sousa, técnico da Seleção da Polônia. Contudo, de acordo com a imprensa local não há a menor possibilidade de saída do comandante neste primeiro momento, só em caso de um plano B.

Segundo foi noticiado no ‘TVP Sport’, um dos principais sites esportivos da Polônia, o treinador, que também chegou a ser sondado pelo Boca Juniors, não vai a lugar nenhum antes dos play-offs de março, pela Copa do Mundo do Catar. Cabe pontuar que a Seleção ainda pode chegar ao Mundial e, portanto, este objetivo é visto como prioridade máxima.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


O site ainda confirma o posicionamento da Federação Polaca em relação ao desejo do Flamengo: “Não tenciona separar-se dos portugueses antes dos play-offs. O negócio é simples: se vencer a Rússia e depois a Suécia ou os Tchecos, Sousa continua trabalhando e preparando a equipe para Copa do Mundo. Se a tarefa não for bem-sucedida, então – de acordo com contrato – nós nos separamos. E o facto de o sindicato ter direito a uma indenização são os regulamentos da FIFA”.

Assim como o fizeram quando receberam sondagens do Boca Juniors, jornalistas poloneses entendem que o Flamengo aparece apenas como um plano B, exatamente caso nada nos play-offs ocorra como o planejado. O Rubro-Negro, por sua vez, tem interesse em outros nomes além de Sousa – Jorge Jesus, Paulo Fonseca, Vítor Pereira e Carlos Carvalhal são opções.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *