“Será que sou jogador ainda?”: Michael admite ter duvidado da carreira no Flamengo

Atacante passou por momentos complicados no Rubro-Negro e, inclusive, sofreu de depressão


O Flamengo contratou Michael em janeiro de 2020, após longa negociação com o Goiás. O jogador foi um pedido de Jorge Jesus, que logo se despediu do Rubro-Negro – em julho daquele ano – e foi para o Benfica (POR). A partir de então, o atleta passou por momentos turbulentos, como ter duvidado da própria carreira.

Michael ganhou três prêmios do Campeonato Brasileiro 2021: Craque da Galera, gol mais bonito e esteve entre os melhores atacantes, na seleção da competição. Durante a cerimônia de premiação da CBF, o atleta deu entrevista e admitiu ter questionado a própria capacidade e qualidade, quando não entrava nos jogos do Fla. Ele ainda apontou a importância de Renato Gaúcho para ‘superar‘ esse momento.

Vim aqui como revelação (em 2019), era novidade. Hoje você estar podendo entrar como um dos melhores atacantes é muito importante. Demonstra que nosso trabalho está sendo um pouco mais valorizado e que a gente tem potencial para jogar -, disse o jogador, que ainda prosseguiu:


Quer comprar produtos do Flamengo pela internet? Conheça a loja mais rápida e segura!


Quando eu não jogava, eu pensava: “Será que sou jogador ainda?”. A gente cria dúvida, mas o jeito do Renato de ser, de conversar, de explicar, dar conselho e de me cobrar me ajudou muito. Amadureci muito como homem e atleta -, concluiu o artilheiro do Flamengo no Brasileirão.

Michael curte o período de férias após ter feito 62 partidas, 19 gols e 10 assistências na temporada 2021. No Brasileirão, o atacante foi às redes 14 vezes, sendo o artilheiro rubro-negro na competição nacional. O atleta se reapresenta ao Flamengo no dia 10 de janeiro, para dar início à preparação para a jornada de 2022.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Disse tudo, Botelho! Vou mais além: se ele pegasse este time em uma pré-temporada…

  • Resumindo, derrubaram o cara que fez o Grêmio medíocre jogar e que recuperou até o Michael. Tenham maldade, a maioria dos “especialistas” de futebol são muito bem remunerados por empresários da área.