Assunto proibido! Caixa trata como ‘sigilo máximo’ tema sobre estádio do Flamengo

Poucas pessoas têm acesso às tratativas e ao projeto da praça esportiva


Os torcedores do Flamengo estão ansiosos e querem saber todas as informações sobre a “construção do estádio próprio“. Porém, a Caixa Econômica Federal não irá facilitar a vida da torcida. Isso porque, a empresa trata o tema como ‘assunto proibido‘, traduzindo, com o máximo de cautela possível.

A Caixa está elaborando um estudo de viabilidade para a construção do estádio do Flamengo na região do Gasômetro. Contudo, o assunto é guardado a sete chaves dentro do banco. Aliás, a empresa colocou uma vice-presidência específica para cuidar do projeto, e poucas pessoas, contadas no dedo, têm acesso.


Camisas do Flamengo, acessórios e muito mais: compre e ganhe brindes na melhor loja online do Mengão!



O grupo trabalha de forma isolada e se comprometeu com os termos do ‘compliance‘ da Caixa, pois há receio com órgãos de fiscalização, como o Tribunal de Contas da União (TCU), que audita o banco. As informações foram divulgadas inicialmente pelo jornal O Globo.

Ainda segundo o jornal, a Caixa estuda não somente o valor do terreno, mas, principalmente, quanto poderia gerar de lucro e ajudar no desenvolvimento da região. O banco não quer ter prejuízo, afinal, a área do Gasômetro, onde poderá ficar o estádio do Flamengo, é a mais valorizada do Porto Maravilha.

A partir do momento em que todos esses detalhes forem levantados, o banco traçará estratégias sobre como poderá oferecer o terreno ao Flamengo, assim como estipular valores e formas de pagamento. O Rubro-Negro aguarda o estudo ser finalizado para voltar a sentar à mesa com a Caixa e, assim, poder negociar.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Pedro, TÁ DE BRINCADEIRA…….

  • Acerto? O terreno vai ser vendido e não doado, o que é o certo. Inicialmente, fala-se em 400 milhões de reais. Da mesma forma que o Corinthians terá que pagar pelo seu, não recebeu de graça (600 milhões é a dívida com a caixa) o Flamengo terá que COMPRAR O TERRENO.

  • Título meio tendencioso!!! Como pode ser “sigilo máximo” se a Presidente da Caixa apareceu em programa de tv falando sobre essa possibilidade de acerto com o Flamengo????

  • Esse assunto do estádio do flamengo está VIRANDO, VOLTANDO ao mesmo de sempre, q acabou IMPEDIDO a tão sonhada construção até hoje, ou seja, QUESTÃO POLÍTICA! Ainda bem que temos agora uma pessoa forte, QUE NUNCA COLOCOU A POLÍTICA A FRENTE DO POVO, O NOSSO EXCELENTÍSSIMO PRESIDENTE DA REPÚBLICA. APOSTO TUDO NELE, SE NÃO DER CERTO É PORQUE MAIS UMA VEZ ESTARÃO USANDO A POLÍTICA P SABOTAR SEUS PLANOS P BENEFICIAR O POVO. SE MATAM ATÉ GENTE NUMA PANDEMIA POR POLÍTICA, O QUE NÃO FARÃO MAIS?… IMPEDIR A CONSTRUÇÃO DO NOSSO ESTÁDIO SERÁ NADA P ELES. SE BOBEAR USARÃO CONVOCARÃO ATÉ OSSTF, COMO DAS OUTRAS VEZES, NÃO É VDE? AINDA MAIS SE TIVER UM DESCONDENADO CORINTHIANO P AGIR SEUS PAUZINHOS.

  • ….”Receios com o TCU? De que o Globo está falando?
    O assunto deve sim, ser tratado apenas entre Flamengo e Caixa. Provavelmente, a poderosa Globo quis dar furos de reportagem e não conseguiu. Daí, coloca uma bobagem dessas!
    Não há ( e nem deve) o que esconder do TCU.
    A Caixa já colocou as exigências de praxe e o CRF vai ter que atendê-las, se quiser realmente construir seu estádio.
    O TCU, vai fazer o que lhe cabe, sem tirar nem por. Não pode é colocar chifre em cabeça de cavalo. Simples assim!