Show de Pedro! Flamengo atropela Tolima e se classifica às quartas da Libertadores

Rubro-Negro vence, convence, dá chocolate e se classifica


Mesmo com a vantagem do empate, o Flamengo partiu para cima do Tolima (COL) no Maracanã. Fazendo jus ao fator casa, o Rubro-Negro não deu chance para os colombianos e venceu por 7 a 1 no duelo de volta das oitavas de final da Libertadores. Com show do sistema ofensivo, Pedro (4x), Quiñones (contra), Gabigol e Matheus França balançaram as redes para colocar o Mais Querido nas quartas da competição continental. Agora, o Mengão vai encarar o Corinthians na próxima da competição continental.


As melhores ofertas para produtos do Flamengo: aproveite desconto e brindes!


O JOGO

O primeiro tempo do jogo no Maracanã foi totalmente do Flamengo. Encurralado pela vontade e disposição do Rubro-Negro, o Tolima mal conseguiu trocar cinco passes seguidos ou passar do meio de campo com a bola nos pés. Tudo começou logo na primeira finalização do Mengão. Pedro saiu da área para bagunçar a marcação colombiana e passou para Arrascaeta, que deu assistência para camisa 21 bater cruzado, por baixo, e abrir o placar, logo aos quatro minutos de partida. Logo, a Nação foi à loucura, e Arturo Vidal também, nas cabines do estádio.

Com 1 a 0 no placar, o Flamengo não se acomodou e seguiu sufocando os colombianos. Em uma das subidas pela direita, inclusive, Rodinei alçou Gabigol, que bateu mascado e viu a bola ser salva em cima da linha, mas o impedimento havia sido marcado. Dois minutos depois, João Gomes pegou sobra para bater rasteiro. Após desvio, o goleiro Cuesta salvou o que seria o tento do volante.

Aos 16 minutos, o Fla quase fez o segundo, novamente com João Gomes. O cria da base recebeu de Gabigol e soltou a pancada, para nova defesa do arqueiro colombiano. A pressão flamenguista seguiu a todo vapor, e o 2 a 0 do Flamengo aconteceu aos 19 minutos, quando Arrascaeta tocou para Pedro, que ajeitou de calcanhar para Gabigol. O camisa 9, de frente para o gol, bateu e o goleiro defendeu. No rebote, a redonda bateu em Quiñonez e passou da linha das traves. Então, 2 a o para o Mengão.

Já com a classificação bem encaminhada, o Flamengo começou a prezar mais pela troca de passes. Porém, aos 22 minutos, foi a vez de Arrascaeta chutar de longe e exigir boa defesa de Cuesta. Já perdendo por dois gols de diferença, o Tolima chegou uma única vez, com Lucumí, mas Santos só observou o chute passar muito por cima do travessão.

Tendo a vantagem bem construída, o Flamengo exalava tranquilidade e confiança. O bom momento, inclusive, foi essencial para o ímpeto do Rubro-Negro no segundo tempo.

No primeiro minuto depois do intervalo, Arrascaeta levanta na área, David Luiz escora, e Pedro finaliza à queima-roupa para fazer 3 a 0 na conta do Flamengo . Aos nove minutos, Gabigol foi à linha de fundo ao driblar o marcador e cruzou por baixo, na medida, para Everton Ribeiro, que chegou à frente da bola e pegou de tornozelo, perdendo um gol feito.

Aos dez minutos, Gabigol recebeu na entrada da área, arrancou, driblou marcador e bateu colocado para fazer 4 a 0 para o Flamengo. No entanto, depois das entradas de Victor Hugo e Arão, nos ligares de Thiago Maia e Everton Ribeiro, Julian Quiñonez se redimiu em bola que sorou para depois de escanteio: o zagueiro dominou nas costas da zaga e bateu chapado, tirando de Santos. A partir daí, teve mais show de Pedro.

No minuto 21, Pedro recebeu pelo alto de Rodinei, que fez boa jogada pela direita, e cabeceou para fazer seu hat-trick, e o 5 a 1 do Flamengo. Logo depois, aos 27′, o mesmo camisa 21 ergueu bola de maneira clássica para Matheus França, que finalizou sob pressão, fazendo o 6 a 1 para o Fla.

A noite realmente estava nos pés de Pedro, que ainda fez mais um. Aos 33 minutos do segundo tempo, Gabriel Barbosa soltou o pé de fora da área. O goleiro Cuesta espalmou e… Pedro estava lá para passar a régua e fazer 7 a 1 para o Flamengo, contra o Tolima, no Maracanã cheio.

Com a goleada de 7 a 1, o Rubro-Negro somou 8 a 1 no agregado sobre o time colombiano. Agora, na próxima fase da Libertadores, o Flamengo encara o Corinthians, que passou, nos pênaltis, pelo Boca Juniors (ARG).

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *