Fabiano de Abreu: “Um time de futebol como o Flamengo é como uma máquina que não pode parar”

Estamos felizes com a Copa do Brasil e com a Libertadores? Claro que sim! Mas, isso não quer dizer que relaxamos a ponto de não ficarmos preocupados com o desempenho demonstrado pelo Flamengo nos últimos jogos.

Dorival não é aquele técnico que coloca o time para frente como nos acostumamos desde 2019. Por isso, nos últimos dois títulos, a vitória veio, mas a aflição ficou. Foram suadas, ficamos bem nervosos ao assistir.


Clique aqui e ganhe R$50 de bônus para jogar no galera.bet


Estamos mal acostumados. Estamos habituados a não termos reservas e sim duas equipes titulares: uma no banco e uma em campo. Mas, não é isso que estamos vendo no time de Marinho e companhia. Estou, sim, preocupado. A renovação com o Dorival não foi de comemoração e, sim, de suspeita.

O Flamengo precisa fazer contratações, aposentar jogadores e não depender somente do Arrascaeta. Está na hora de investir novamente, como antes de 2019, trazendo não apenas grandes nomes, mas mantendo o olho clínico que trouxe Gabigol, Pedro e Bruno Henrique.

Este último, que retorne logo e com o mesmo potencial, pois fez a diferença. Gabigol e Bruno Henrique foram como Petkovic e Adriano, mas durou mais tempo e contou com um elenco melhor.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *