De férias, Arrascaeta come ‘polêmica’ carne de R$ 9 mil no Catar

Arrascaeta se destacou pela Seleção Uruguaia na Copa do Mundo, mas não conseguiu evitar eliminação


Giorgian de Arrascaeta foi um dos principais nomes do Flamengo em 2022 e da Seleção do Uruguai na Copa do Mundo do Catar. Autor dos dois gols na vitória por 2 a 0 sobre Gana, na última rodada da fase de grupos, o jogador rubro-negro optou por permanecer no país sede do Mundial para curtir as férias.

Por meio da rede social do Instagram, De Arrascaeta vem publicando o cotidiano vivido no país árabe. Inclusive, o meio campista do Flamengo experimentou a “polêmica” carne folheada a ouro, que custa cerca de R$ 9 mil. O próprio atleta registrou a imagem do filho Alfredo, de 7 anos, degustando a iguaria.


Camisas do Flamengo, acessórios e muito mais: compre e ganhe brindes na melhor loja online do Mengão!


VEJA OS STORIES:

Além do filho, outros familiares de Arrascaeta estão com o meia no Catar. A esposa Camila Bastiani também encontra-se no local, e o atleta publicou foto em jantar romântico com a parceira. O casal, inclusive, chegou a ficar alguns meses separado, mas reatou o relacionamento ao longo deste ano.

ENTENDA POLÊMICA DA CARNE:
Após vencer a Suíça por 1 a 0 na Copa do Mundo do Catar, no dia 29 de novembro, os jogadores da Seleção Brasileira receberam folga e foram ao restaurante do famoso chefe Nusr-Et, em Doha, no Catar. Acompanhado do ex-centroavante Ronaldo Fenômeno, o elenco da Canarinho pediu a famosa “carne folheada a ouro“.

Importante salientar que a iguaria é apenas uma dos muitos pratos excêntricos do restaurante. Os atletas da Seleção Brasileira, com isso, registraram fotos e vídeos no local, publicando nas redes sociais. A partir disso, torcedores e jornalistas do Brasil criticaram os jogadores, seja pelo valor do prato ou pelo fato de estarem no restaurante ao invés de concentrados na Copa do Mundo.

De férias após eliminação do Uruguai na competição mundial, Arrascaeta ignorou a polêmica e levou a família para experimentar o tão famoso prato. O meia, agora, terá até o dia 26 de dezembro para curtir os parentes e o período de descanso. Na data citada, o atleta se apresenta no Flamengo, para dar início à pré-temporada para 2023.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Parabéns aos jogadores que o próprio dinheiro para o comerem o que bem entenderem, diferente de muitos mau caráter do Brasil que gastam dinheiro público para comerem lagostas, vinhos de valores milionários coisas que essa carne de 9000 parece ser trocadilho.

  • As pessoas questionam a extravagância, mas se esquecem de que há toda uma movimentação empreendedora e financeira, para tornar a iguaria em questão uma realidade. Quantas pessoas são empregadas e/ou foram beneficiadas pelos trabalhos prestados? O que não pode é ostentar certos produtos de grife e descobrir que eles são fabricados por pessoas em condições sub-humanas, como uma certa marca de tênis famosa…

  • Invejoso kkkkkkkkkk

  • E TEM GENTE QUE ACHA LINDO ISSO..UM BELO EXEMPLO DE DESPREZO E INDIFERENÇA PARA COM O PRÓXIMO.. TANTA POBREZA E ESCRAVIDÃO…E ESSES POBRES DE ESPÍRITO SE ACHANDO OS TAIS . PRÁ QUE ISSO??? QUAL A FINALIDADE??? SATISFAZER OS SEUS EGOS GIGANTESCOS.. LAMENTÁVEL 🇧🇷😢😢

  • Qual o problema? Por acaso o De Arrascaeta está gastando o dinheiro dele ou ele está gastando dinheiro público? Quando o presidente da República gastou milhares de reais com picanha de boi japonês não teve crítica e tudo foi pago com dinheiro público

  • É muita chatice. O cara tem culpa que tem um baita salario e pode comer o que bem entender? Não está menosprezando e nem humilhando ninguém, que não pode comer por um valor desses. Quero saber quem que ganhasse um salário desses, comeria o tempo todo arroz, feijão, salada e carne? Muita hipocrisia

  • O mundo tá chato demais, viu? Torcedor se incomodando com um prato de 9K quando o cara ganha cerca de 1M por mês. Inveja é uma droga mesmo.