Arrascaeta repete feito que não ocorria há 40 anos em Copas do Mundo

Com os dois gols, Arrascaeta repetiu marca de Zico em 1982


O Uruguai, de Arrascaeta, deu adeus precocemente à Copa do Mundo do Catar, na última sexta-feira (02). No entanto, o craque do Flamengo fez história. Desde 1982, um jogador do clube não marcava dois gols no mesmo jogo pelo Mundial. O último a conseguir o feito foi nada mais, nada menos do que Arthur Antunes Coimba, o Zico, há 40 anos.

Arrascaeta fez os dois gols da vitória do Uruguai sobre Gana, por 2 a 0. No primeiro, o craque do Flamengo aproveitou rebote de chute de Luis Suárez e completou de cabeça. No segundo, recebeu cruzamento da direita e, de voleio, marcou um golaço. No entanto, o show do craque não foi suficiente para a classificação, já que a Celeste ficou na terceira posição no grupo, pelo número de gols marcados, em comparação com a Coreia do Sul.


Clique aqui e ganhe R$50 de bônus para jogar no galera.bet


A última vez em que um jogador rubro-negro marcou duas vezes no mesmo jogo foi na Copa de 1982. Na goleada do Brasil sobre a Nova Zelândia, por 4 a 0, Zico saiu para o abraço duplamente. Coincidentemente, o Galinho de Quintino também fez um golaço de voleio na ocasião, após cruzamento da direita. O segundo tento veio do mesmo lado, mas dessa vez em passe rasteiro, e o eterno camisa 10 só escorou.

Apesar da dificuldade de fazer dois gols na Copa do Mundo como jogador do Flamengo, este não foi o maior feito obtido na história dos mundiais por um rubro-negro. Na terceira Copa do Mundo, em 1938, Leônidas da Silva, mais conhecido como ‘Diamante Negro’ fez três tentos, em um mesmo embate, contra a Polônia. No dia 5 de junho de 1938, o Brasil venceu por 6 a 5.

Mais dois jogadores do Flamengo sonham em entrar no seleto grupo: Everton Ribeiro e Pedro. A dupla ficará no banco de reservas na segunda-feira (05), contra a Coreia do Sul, pela fase oitavas de final da Copa do Mundo. A bola rola a partir das 16h (horário de Brasília). Quem vencer enfrenta o classificado de Croácia e Japão nas quartas de final. As equipes jogam no mesmo dia, às 12h (horário de Brasília).

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *