Federação Carioca e Paulista embolsa R$ 6,5 milhões de taxa.

Compartilhe com os amigos
Os oito maiores clubes dos estados do Rio de Janeiro e de São Paulo pagaram, juntos, um total de R$ 6,5 milhões às federações estaduais em jogos do Campeonato Brasileiro 2014. No torneio, os clubes mandantes destinam 5% da arrecadação com a partida à entidade estadual. Os paulistas destinaram R$ 3,5 milhões, tendo o Corinthians como o maior pagador com R$ 1,7 milhão. Já entre os cariocas, que somaram R$ 3 milhões, Flamengo e Botafogo repassaram R$ 1,1 milhão cada à federação do Rio de Janeiro.
Vai pra onde?
Segundo a Federação Paulista de Futebol (FPF), a taxa sobre a arrecadação dos jogos repassada pelos clubes é uma norma estabelecida pela CBF e é destinada para os diversos trabalhos que a entidade realiza em prol dos times paulistas, entre eles o realizado na Escola de Arbitragem. Já a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) não respondeu a solicitação da coluna sobre o destino da verba obtida dos clubes.
Mais e menos
Curiosamente, o Botafogo é o time que repassou tanto o maior como também o menor valor à Ferj durante o Campeonato Brasileiro do ano passado. Em jogo contra o Flamengo, disputado na Arena Amazônia, o clube carioca pagou R$ 411,8 mil de taxa à entidade. Já em partida contra o Coritiba, disputado em Volta Redonda, o Botafogo repassou menos de R$ 800 à federação.
Torcida de elite
Mesmo jogando a Série B do Campeonato Brasileiro, o Vasco repassou á Ferj um total de R$ 305,7 mil. O clube não teve repasse nas três primeiras partidas do torneio – quando jogou de portões fechados – por conta da punição pela briga na última rodada do Brasileiro de 2013. Mesmo assim, o valor supera o valor pago pelo Santos, que atuando na elite do futebol pagou “apenas” R$ 292,7 mil.

Fonte: Lancenet
Compartilhe com os amigos