fbpx

Joia rubro-negra é patrocinada pela Nike e recebe estrutura de grande estrela

Yuri César tem apenas 17 anos. Dentro de campo, é uma das joias que o Flamengo está lapidando para se tornar um grande craque do futebol brasileiro e internacional. Meia, veste na base a lendária camisa 10 de Zico. No Campeonato Carioca da categoria, já marcou 14 gols. Até aí, tudo normal para um garoto desta idade.

Contudo, fora de campo, o adolescente tem uma estrutura de “gente grande”. Ele é patrocinado pela Nike, tem a carreira agenciada pela LifePro (a mesma responsável pelos passos de Marcelo, do Real Madrid-ESP), tem assessor de imprensa, professor de inglês e um contrato profissional. Tudo isso para que consiga realizar o sonho de se tornar profissional no clube do coração.

“É bom ter um suporte assim, e eu me dou muito bem com todos.  Isso é o mais importante. Sempre será um peso enorme estar vestindo a 10 de um clube grande, mas me sinto honrado e sempre farei por onde de ter essa responsabilidade”, disse o jogador, ao ESPN.com.br.

Natural de Volta Redonda, na região do Vale do Paraíba, Yuri chegou ao Mais Querido aos 9 anos, quando integrou um time da cidade que foi enfrentar o rubro-negro.

“Me destaquei fazendo quatro gols nessa partida que vencemos por 6 a 4. Fui escolhido pra fazer um teste. Fui aprovado e fiquei no Flamengo. Foi uma das melhores sensações da minha vida vestir a camisa de um clube tão grande”, relatou.

Como todo garoto, o camisa 10 tem seus ídolos de infância. Apesar de flamenguista, gosta mesmo é de um meia que foi revelado no grande rival: Philipe Coutinho.

“Eu acho meu futebol parecido com o dele por jogarmos na mesma posição. Eu procuro sempre assistir jogos e vídeos do Coutinho”, contou.

Na trajetória pela base do clube, teve contato com Vinicius Júnior, negociado com o Real Madrid e que está buscando espaço no profissional.

Todos nós reconhecíamos o talento que ele tinha e sempre foi diferente. Uma vez nós ganhamos do Vasco por 4 a 0 no primeiro jogo da final da Taça Rio. Mesmo em São Januário, ele deu uma ‘lambreta’ no adversário. Ah, e eu também fiz um gol de cobertura nesse jogo (risos)”, recordou.


Veja mais:


Por fim, Yuri projeta um futuro de glórias no esporte e com o manto sagrado.

“Tenho sonho de jogar no profissional do Flamengo e ganhar títulos com o clube. Quero também ser campeão com a seleção brasileira e me tornar um ídolo como Messi, Cristiano e Neymar”, finalizar.

51 Comentários

  • É realmente muito habilidoso. Tem personalidade e como tem um aporte desses, tem tudo para brilhar. Como é bom ver o Flamengo novamente sendo aquela máquina de fazer craques. Isso mostra a evolução com a base. Parabéns garoto, continua centrado na sua carreira, que já vem coisa muito boa.

  • Cara, eu não acho legal essa pilha toda que botam em cima de qualquer jogador da base que surge no Flamengo, deveriam esperar ao invés de eleger estrelas antes da hora, pois craque é muito difícil de surgir. A base do futebol brasileiro é muito superestimada.

  • Depois do vj vai bombar de reportagem em todos da base!! O Wesley Lat dir q jogou mundial parece ser promissor

    • Vdd, isso tem lado bom e ruim…mas pelo menos a nossa base vai ser bem valorizada, e vamos vender jogadores medianos por valores significativos e não vai ser igual antes…onde a gente ficava emprestando ele pra times sem expressão até acabar seus contratos, o complicado é que a pressão vai crescer bastante tbm

      • O Flamengo consegue revelar muleque bom de bola mas tem que lobotomizar esses caras pra so pensar em trabalho. Aí até o mediano vai mostrar serviço.

        • Toda a base acha que vai ser craque. É Flamengo, so de ta la ja é digno. E aih as crianças se perdem.

  • Tomara que esse seja lapidado mesmo, pq esse Lincon so tem mala.
    Subiu pra cabeca, corre de ponta de pe.

  • No Santos e Fluminense aparecem vários jovens no time titular. No flamengo, QUE TEM OUTRA MENTALIDADE, nem Ronaldo, VJ, e vários outros nunca tiveram sequência, imagina esse jovem da reportagem. Terá que fazer chover para ter chance

    • Concordo plenamente! Santos e fluninenC usam bem a base. No Flamengo é uma história de craque se faz em casa…..mas é só olhar e ver nossos craques a mercê no clube.

    • Verdade, aqui boa parte da torcida gosta de jogador de nome.
      É só ver o time “ideal” da maioria, é cheio de estrelas em decadência, Ramires, Renato Augusto, Tardelli…
      Poucos aqui lutam por espaço pra Vinícius Jr, Ronaldo, Léo Duarte, Paquetá.
      Sem contar com promessas do sub 20 como Theo, Hugo Souza, Lucas Silva, Jean Lucas, Kléber… Vem uma garotada boa e que nem os dirigentes e nem os torcedores apoiam.

      • Concordo com vc, Junior. Mas tbm tem q saber mesclar esses moleques com jogadores de peso. Eu fico imaginando esses jogadores em “decadência” que vc citou nas vagas de Márcio Araújo, Rômulo e Berrío ??. É claro que conta muito o fator “rabo” (sorte), mas o Hernanes também tava em decadência na Europa, e olha o que ele tá fazendo hoje em dia no São Paulo…

        • Tudo é dosagem, é dar espaço pra quem realmente joga acima da média.
          Será que Ronaldo ao Lado Cuellar não seria uma dosagem ideal?
          Léo Duarte sempre revesando no time titular ao lado de Juan, Rever ou Rhodolfo não seria uma dosagem legal?
          Dá sim pra encaixar a base ao lado de grandes craques, o problema é que enchem o time de estrelas e não olham pra molecada.
          Hernanes é identificado com o tricolor paulista, é ídolo, assim como o Juan é aqui,uma situação diferente.

          • É exatamente isso. Concordo contigo. E o Carioca tá aí pra isso, pra fazer esses testes, a gente tem que ver como é que eles vão se comportar. Só acho que o que não pode é apostar todas as fixas num jogador só por ser da base. O Ronaldo, ao que tudo indica, tem um grande futuro. Porém, apesar de ter começado bem, hoje ele é reserva do Atlético Goianiense. E você sabe como a nossa torcida é impaciente, né? (não tô querendo dizer que a torcida tá certa ou errada, é apenas uma constatação). Na primeira entregada, já era esse amor todo pelo moleque, assim como foi com o Matheus Sávio e o próprio Renato Augusto, que, aí já contra-argumentando sua outra explanação, se diz identificado com o Flamengo; não foi ídolo, é verdade, saiu “magoadinho”, foi negociado antes da hora por que foi execrado ao cometer uma falha num jogo do Carioca, se não me engano, logo após subir da base. E o Ramires, embora não tenha jogado no clube, se diz flamenguista, agora vá saber se é verdade…

  • Thiago(Gabriel), Kléber(Wesley), L. Duarte, Dener(Patrick), Michael, Ronaldo, Jean Lucas, L. Paquetá, Yuri(M. Sávio), V. Júnior(T. Santos), F. Vizeu(Lincoln)

  • Acho que o ideal seria fazer dos campeonatos estaduais um sub 23 para que pudéssemos revelar jogadores para as demais competições do ano

  • Unica joia do flamengo é o VJ..Lincoln por exemplo é pereba. Dois minutos do Yuri Alberto em campo e ja fez mais que o Lincoln..Se o tal de Yuri Alberto tivesse sido titular, a selecao teria saido campea.
    Parem de se enganar com esse Sub17. Eu assisti Flamengo x Cruzeiro e sao todos jogadores limitadissimos que nao acertam passe de meio metro.
    O sub-17 do flamengo é o time mais desorganizado da base no Brasil.
    Parece uma pelada. Ninguem tem posicao..pessimo treinador.

  • Arlen correa e Damon são dois chera c u q não são torcedores do flamengo e ficam escrevendo asneira no blog. Vão caçar a turma de vocês.

    • Eu mesmo bloqueio esses caras, não é intolerância minha, todo mundo pode ter opinião diferente da minha, mas o que muita gente faz aqui é ofensa gratuita, lamentável

  • Pelas declarações dele não parece Flamenguista, o que não é problema. Se o cara joga e o Flamengo detém grande percentual do passe ta tudo certo.

  • ser craque no Flamengo vindo da base é muito difícil, primeiro pq tem os Gabrieis da vida, segundo pq a própria torcida queima jogador, vide Lincoln, já tem.quem queima.

  • Pelo que assistir nos jogos sub-17 ainda está longe de um Coutinho. Quase não produzia jogadas de criação e não apresentou nenhuma jogada de habilidade.

    • _ Normal. A disparidade financeira entre os clubes brasileiros e europeus é abissal, por isso todos são “barrigas de aluguel”. Antigamente, quando os clubes europeus eram do mesmo patamar que os brasileiros, não haviam os investimentos de hoje e nem a permissão de abrir o plantel dos times para a quase totalidade de estrangeiros, os times brasileiros faziam frente a eles. Vale dizer que naquele tempo nem patrocínio era permitido nas camisas e o salário era oriundo das rendas nos estádios. Segundo o Éder, o grande ponta esquerda da seleção de 82, o maior salário que ganhou na carreira foi 10 mil dólares, ou seja, pouco mais de trinta mil reais no dinheiro de hoje. Vinícius júnior já ganhou mais dinheiro do que Adílio, Andrade, Éder, Reinaldo e muitos outros juntos!

  • Os times brasileiros não suporte para manter nossoss craques então vai ser mais um que a Nação perderar loho

  • Ja tão dizendo que o moleque nao eh flamenguista por ser fã do Coutinho. Pqp!! O muleque tem 17 anos!! Queriam que ele fosse fã do Leonidas da Silva? Eu sou flamenguista e meu ídolo no futebol eh o Romário que tem até estatua num timeco la de São Cristovão… Cuellar eh flamenguista desde pequeno?? NÃO!! Mas se entrega em campo como poucos!! Honra o manto.. e eh isso que importa!! Se pede mais chances para a base mas já queimam antes dos garotos sequer subirem.. ai vai embora, desponta e não volta pro Fla nem pra encerrar a carreira!!

  • Acho interessante falar da base
    VJ, Lincoln, Yure……mas quando eles vão jogar no profissional? Será que vão ter uma história de sucesso nos profissionais do clube? Duvido muito

  • Criação de sites e aplicativos para celular