Juca Kfouri: “Ponte sobe e evita entrada do Fla no clube dos 40”

A Ponte Preta, mesmo em casa, pediu durante todo o primeiro tempo para que o Flamengo marcasse um gol.

Como o rubro-negro se recusou, a Macaca percebeu que o galho não era tão pesado e botou pressão até fazer 1 a 0 com Jean Patrick, já no segundo tempo, logo depois de Lucca bater falta para esquisita defesa de Diego Alves que, diga-se, tomou um gol defensável.

Aí, sem Guerrero na seleção peruana, o gol de empate a cada minuto que passava parecia mais improvável.

Pior: aos 15, Réver teria feito pênalti e Diego Alves, o pegador, fez catimba, se adiantou quando Lucca deu a paradinha, e…pegou!

Só para chatear Alex Muralha.

E para alentar o time carioca em busca do empate.

Aos 35, Naldo deu uma entrada criminosa em Vinicius Júnior e foi expulso, mas deveria ter sido preso.

11 a 10, dava tempo até de virar.

Mas o Flamengo não foge à regra neste Brasileirão ruim de doer e conseguia ser ainda pior.

Passaria a noite sem fazer gol.


Veja mais:


Assim, não entrava no clube dos 40 pontos e a Ponte subia para completar o “pojeto” do Sport, colocando-o na ZR.

Assim mesmo o time de Diego, trocado por Vizeu por 29, outra vez mal para Tite não ver, permanece na zona de Libertadores, com folga, cinco pontos à frente do Atlético Paranaense.

Fonte: Blog do Juca Kfouri | Uol

Veja também

  • Ainda bem que só faltam 8 pontos para chegar aos 47 pontos. Esse time é o retrato da gestão do futebol, frio, distante e ineficiente.

  • Flamengo ruim de doer e timinho sem vergonha. As torres gêmeas do frango ruim de bola

Comentários não são permitidos.