PVC sai em defesa de Gabigol e rasga críticas a Ceni pelas substituições do atacante

FOTO: ANDRÉ DURÃO

Na última quinta-feira (04), o Flamengo venceu o Vasco e aproveitou o empate do Internacional contra o Athletico-PR para diminuir a distância pelo título do Campeonato Brasileiro. Atualmente, somente dois pontos separam as equipes e, devido ao confronto direto, o Rubro-Negro volta a depender apenas de si para ser campeão. No clássico carioca, a atuação do Mais Querido foi muito elogiada, no entanto, a pauta Rogério Ceni x Gabigol voltou aos assuntos.

Isso porque, apesar das boas atuações, o camisa 9 não terminou um jogo sequer sob o comando do treinador. Contra o Vasco, mais uma vez, Ceni substituiu Gabigol. Aos 29 minutos, o atacante deixa o gramado dando vaga ao Pedro. Na saída, o artilheiro demonstrou insatisfação ao sair de campo e o técnico rebateu a atitude. Durante o ‘Seleção Sportv’ da última sexta (05), o jornalista Paulo Vinicius Coelho saiu em defesa do jogador e apontou a falta de ‘tato’ do comandante.

– Você consegue imaginar o Rogério Ceni sendo substituído quando ele era jogador? É algo a se pensar. Se ele não estiver bem, você pode tirar. A questão para mim é que o Gabigol não está jogando mal. Não tem problema nenhum. Ninguém é dono do time. Mas ele é o melhor do time. Ele resolve os jogos. Rogério Ceni poderia fazer um afago nele. Ele esta jogando bem, não tem porque tirá-lo do time todos os jogos – antes de completar:

– Ele fez um jogo absurdo contra o Grêmio, dava para manter ele até o final. Mas o Rogério tira aos 42 do segundo tempo. Você vai somando isso e vê que o cara está aborrecido com essa situação. Está nítido que ele imagina que está sendo marcado com tantas substituições – finalizou


Quem será o próximo a perder para o Mengão? Saiba como lucrar com previsões esportivas!


Com Gabigol à disposição, Rogério Ceni prepara a equipe para enfrentar o Red Bull Bragantino, no domingo (07), às 20h30 (horário de Brasília), no estádio Abi Nabi Chadid, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Atualmente, o Rubro-Negro está na vice-liderança com 64 pontos, apenas dois atrás do líder Internacional, com 66.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Porra comentarista não e técnico as vzs acerta as vzs fala merda o Vasco estava crescendo começando a sufocar o Flamengo o gabicol se doa muito rouba bola briga lá na frente execelente jogador mas estava caindo de produção até mesmo pelo d afaste e muitas das vzs contusão acontece pelo excesso de desgaste físico e ele foi substituído pelo pedro jogador que não deixa nada a desejar esses comentários não ajudam nada ao time do Flamengo assim como a atitude do jogar só trazem desunião e discórdia ao wlwncooutra coisa acho que ele deveria parar e pensar jogador sendo trocado aos 30 do segundo tempo e ganhando acho que precisa muito amadurecer

  • Gabigol é muito importante para o time, assim como o Pedro também.
    se fosse o Pep Guardiola ou Mourinho que tivesse Subistituido estariam a favor do técnico por que são renomados,mais ceni inicio de carreira e ainda não ganhou nada. todo jogador tem que entender que quem manda é o Técnico ele é pago para jogar ou ate mesmo ficar no banco como reserva de outro. essa é a diferença dos times brasileiros para os Europeus. lá da apoio a autoridade, e não ao subordinado. e olha quem esta entrando é o Pedro que só precisa de menos de 10 minutos para deixar o dele ou dar assistências de gols para os companheiros. os gols que Gabigol perdeu no jogo contra Sport, e Vasco Pedro seria artilheiro isolado do campeonato com folga. então PVC menos! e quando o Gabigol faz isso e vocês apoiam ele, mostra desrrespeito a capacidade do amigo da mesma posição que ele. nem sempre quem esta jogando bem precisa necessáriamente ficar em campo. melhor Gabigol inteiro contra um inter do que um jogo ganho se machucar e desfalcar para uma partida mais decisiva. não sou fã do Ceni mais a instiuição CRF é maior que qualquer jogador ate mesmo o ZICO.

  • Os comentaristas que estão por fora dos motivos que levaram Ceni a substituir, o Gabigol e o Bruno Henrique, acham que Ceni errou. Gabigol se movimentou muito, mas pouco produtivo e ainda perde uma chance claríssima de gol, noutro lance vai chutar com a perna direita, manda a bola na arquibancada. Com a entrada do Pedro. que sabe jogar com as duas pernas, o Flamengo fez o 2° gol, proveniente de um escanteio que teve origem de uma jogada de craque do Pedro. Como o Flamengo estava ganhando, a saída do Bruno Henrique pode ter sido para poupa-lo, por ser um jogador importante .