Gratidão, inspirações e sonho de títulos: Rodrigo Muniz mostra comprometimento para crescer no Fla

Por: Nathalia Coelho e Ana Beatriz Zayat

O Flamengo tem um dos elencos mais qualificados do futebol brasileiro e, entre medalhões e ídolos, o Mais Querido mescla a experiência de atletas mais velhos com a vontade de crescer dos jovens revelados nas categorias de base, como é o caso de Rodrigo Muniz. Em contato exclusivo com o Coluna do Fla, o atacante de 20 anos demonstrou gratidão a Maurício Souza, revelou suas inspirações no elenco rubro-negro e ressaltou o sonho de conquistar títulos vestindo o Manto Sagrado.

Primeiro, Muniz analisou as ‘diferenças’ entre os treinadores Rogério Ceni e Maurício Souza. Sendo assim, o atleta destacou que um foi importante para seu desenvolvimento ainda nas categorias de base e o outro para o amadurecimento entre os profissionais.

É difícil fazer esse tipo de análise. O que posso dizer é que ambos são muito bons e, juntos, trabalham pelo melhor do grupo e do Flamengo. Eles sabem explorar o melhor de cada atleta e estão conseguindo fazer um grande trabalho. Um foi muito importante pro meu desenvolvimento na base, e o outro, no meu amadurecimento e aperfeiçoamento no profissional. Importantes na minha carreira -, disse.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Representante de uma das posições mais disputadas do elenco rubro-negro, Muniz divide o setor ofensivo do Flamengo com nomes como Pedro e Gabigol. Convivendo com jogadores muito importantes para o futebol brasileiro, o Garoto do Ninho ressaltou que ambos são grandes inspirações em sua carreira.

Os dois, assim como vários no grupo, me ajudam muito. Eles são referência para mim e acredito que para todo jogador da nossa posição. São atletas que já conquistaram muita coisa, que estão na Seleção e com a camisa do Flamengo estão, nos últimos anos, como os principais jogadores de frente no país -, declarou.

Além disso, Muniz deixou claro que seu sonho é permanecer no Flamengo para ganhar títulos e alegrar a Nação Rubro-Negra. O jogador, vale ressaltar, interessou ao Genk, da Bélgica. No entanto, a proposta salarial não agradou ao estafe do atleta e a negociação não avançou.

Quero conquistar títulos aqui no Flamengo, fazer muitos gols e dar alegria pra essa torcida. Vestir esta camisa é o sonho de muitos e sou um privilegiado. Estou vivendo um momento importante e quero aproveitar da melhor maneira. Mas sei que tenho muito ainda para evoluir, sou jovem e tenho que procurar aprimorar e aprender com os mais experientes -, afirmou.

Muniz chegou ao Flamengo em 2018, depois de se destacar na Copinha com a camisa do Desportivo Brasil. Natural de São Domingos do Prata, interior de Minas Gerais, o jogador iniciou sua carreira ainda em sua cidade, aos cinco anos. Com 1,82 cm de altura, o atleta é destro, e pelo Mais Querido, o atacante foi campeão Brasileiro e da Supercopa do Brasil (ambos sub-20) e da Copa do Brasil (sub-17).

Em 2020, o atleta ganhou sua primeira oportunidade pelo profissional. Isso porque, enquanto a equipe principal ainda não tinha se apresentado para iniciar a temporada junto ao, até então, técnico Jorge Jesus, o Mengo começou a disputar o Carioca sob o comando de Maurício Souza, utilizando jovens atletas das categorias de base do clube. Muniz foi um deles.

A temporada 2021, no entanto, foi a mais importante para o atacante até o momento. Rodrigo Muniz entrou em campo pelo Flamengo em 18 jogos, totalizando 770 minutos de atuação com o Manto Sagrado. Além disso, apelidado carinhosamente de ‘Munigol’ por parte da torcida, o atleta deixou sua marca em sete oportunidades.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *