100 vezes Michael: de ‘renegado’ a xodó da torcida, atacante vira protagonista às vésperas de final da Libertadores

Por: Paula Mattos

Michael chegou ao Flamengo em janeiro de 2020, mas desde o início do contrato, precisou lidar com uma série de críticas da torcida. Até o meio da atual temporada, nenhum rubro-negro seria capaz de afirmar que, um dia, o atacante, antes renegado, viraria xodó da Nação e assumiria o protagonismo em meio a um elenco recheado de craques, sendo considerado o trunfo do time às vésperas de uma final de Libertadores.

Neste domingo (14), Michael brilhou contra o São Paulo e anotou dois gols no jogo que marcou sua atuação de número 100 com o Manto Sagrado. E o feito não poderia ter sido alcançado em um momento melhor. O atacante vive o auge de sua trajetória no Flamengo, vem sendo decisivo em uma boa sequência de partidas e é a esperança da Nação para buscar o tricampeonato da Copa Libertadores.


Camisas do Flamengo, acessórios e muito mais: compre e ganhe brindes na melhor loja online do Mengão!


Além de chegar ao centésimo jogo, Michael também assumiu a artilharia isolada do Campeonato Brasileiro 2021, com 13 gols. A atual temporada é, também, a mais goleadora da carreira do atacante, com 18 tentos. Além disso, o camisa 19 figura entre os maiores garçons do Flamengo, com 10 assistências.

No início da temporada, Michael mexeu com todos ao abrir seu coração e revelar a luta contra a depressão e as tentativas de suicídio. Mesmo com um psicológico totalmente abalado, o ‘Robozinho’ se empenhou em dar a volta por cima. E assim o fez. Com apoio da família, do clube e seus companheiros, o camisa 19 lutou para buscar seu espaço. Ele se reapresentou ao time antes do final das férias e, já no Campeonato Carioca – que começou a ser disputado pelo sub-20 do Flamengo, iniciou o processo de superação.

De lá para cá, aos poucos, Michael foi criando ‘corpo’. Com o emocional mais forte e estável, o camisa 19 começou a pensar em um jogo de cada vez, e viu o futebol evoluir. Agora, em meados de novembro, o jogador que era renegado, caiu nas graças da Nação, está brigando por titularidade em meio a um elenco milionário e é a esperança do Flamengo para o duelo mais importante da temporada: a final da Libertadores, contra o Palmeiras.

O ano de 2021 ainda está longe de acabar, mas perto de ser um dos mais marcantes da carreira de Michael. O pequeno grande atleta, que desde o início no futebol luta contra as adversidades, tem uma história de vida inspiradora. Ele largou as drogas e viu no esporte a válvula de escape que precisava para se reerguer. Em excelente fase, o camisa 19 do Flamengo pode encerrar a temporada como campeão da Libertadores e eternizar seu nome nas glórias de um dos maiores clubes do mundo.

Com Michael à disposição e cheio de gás, o Flamengo se prepara para buscar o tri da Libertadores, no dia 27 de novembro. Antes disso, o camisa 19 deve voltar a campo na próxima quarta-feira (17), para enfrentar o Corinthians, e tentar ajudar o Mengo a se manter na parte de cima da tabela de classificação do Brasileirão.

Flamengo e Corinthians entram em campo na quarta-feira (17), no Maracanã, às 21h30 (horário de Brasília). Com a grande fase de Michael, a Nação tem apenas uma certeza para o próximo compromisso: o empenho do camisa 19. Como titular ou saindo do banco de reservas, a torcida sabe que o atacante terá grandes chances de voltar a brilhar e conduzir o Mengo rumo à mais uma vitória.

VEJA GOLS DA VITÓRIA DO FLAMENGO SOBRE O SÃO PAULO:

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Michael e mais dez.

  • Michael é a cara do Flamengo.
    Bruno Henrique é um excelente jogador, mas se fosse RG, colocaria Michael de titular no lugar do BH.