Pedido por torcedores, Villas-Boas pretende se aposentar nos próximos anos

Alvo de campanha de torcedores do Flamengo, técnico português pretende encerrar carreira daqui a quatro anos


Nesta segunda-feira (29), 48 horas depois da derrota para o Palmeiras na final da Libertadores da América, o Flamengo anunciou que Renato Gaúcho estava deixando o comando do time principal. Não à toa, rubro-negros passaram a pedir a contratação de Andre Villas-Boas para o cargo. O técnico português, todavia, pretende se aposentar nos próximos anos.

Em entrevista ao The Athletic, no fim de junho de 2021, Villas-Boas afirmou que estabeleceu uma ‘data limite’ para se aposentar: “Sempre disse que a minha carreira seria de curto prazo, uma carreira de 15 anos. Tenho 11 anos como treinador, faltam mais quatro. Ainda quero treinar uma seleção nacional”, disse o português na ocasião.


As melhores ofertas para produtos do Flamengo: aproveite desconto e brindes!


Sendo assim, com o plano de carreira ‘traçado’, a tendência é que Villas-Boas – atualmente com 44 anos – se aposente aos 48. No momento, o português está sem clube. O último trabalho do treinador foi no Olympique de Marselha, da França. Ele assumiu a equipe em 2019 e deixou o cargo em fevereiro de 2021.

Com passagens por Porto, Chelsea e Tottenham, o técnico virou alvo de campanha dos torcedores do Flamengo durante esta segunda-feira (29), logo após o Clube da Gávea anunciar o desligamento de Renato Gaúcho. Apesar disso, o nome desejado internamente pela diretoria rubro-negra é o do argentino Marcelo Gallardo.

Antes de pensar em um novo nome para o comando técnico, o Flamengo busca encerrar o Campeonato Brasileiro com dignidade. Com Maurício Souza à frente da equipe, o Mais Querido recebe o Ceará, no Maracanã, às 20h (horário de Brasília), em jogo válido pela 36ª rodada do torneio nacional.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *