Dirigente debocha da ‘denúncia’ do Athletico contra Arrascaeta e Gabigol: “É piada?”

Rodrigo Dunshee ironizou as atitudes do time paranaense contra jogadores do Rubro-Negro


O empate sem gols no Maracanã ente Flamengo e Athletico-PR aconteceu na última quarta-feira (27), mas a partida ainda segue dando o que falar nos bastidores. O duelo válido pelas quartas de final da Copa do Brasil foi recheado de polêmicas e reclamações de ambos os times. Diante disso, Rodrigo Dunshee, vice-presidente geral e jurídico rubro-negro, debochou da debochou da denúncia do time paranaense contra Arrascaeta e Gabigol, jogadores do Mais Querido.

Por meio da rede social do Twitter, o dirigente, quando perguntado por um seguidor sobre denúncia  do Athletico-PR contra Gabigol e Arrascaeta, o cartola respondeu de forma bem irônica: “Isso é uma piada do At. Paranaense? Estou rindo aqui”.


As melhores ofertas para produtos do Flamengo: aproveite desconto e brindes!



Vale destacar que, na última quinta-feira (28), o Athletico-PR entrou com uma “Notícia de Infração” contra o Flamengo no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Nessa solicitação, o time paranaense pediu punição a Gabigol, pelo o que chamou de ‘agressão praticada em Fernandinho’ e a Arrascaeta, ‘por entrada violenta no adversário Erick’. Além de mencionar os jogadores do clube, o time paranaense ainda pede que o Mais Querido seja punido, pois os atletas pertencem à instituição.

Em meio às polêmicas, o fato é que Flamengo e Athletico-PR voltam a se enfrentar no dia 17 de agosto, na Arena da Baixada, em Curitiba. O duelo será válido pelo segundo e decisivo jogo das quartas de final da Copa do Brasil. Os dois times precisam da vitória para avançar na competição. Em caso de qualquer empate, a decisão vai para os pênaltis.

Antes disso, porém, o Flamengo precisa virar a chave e focar em outras competições que tem pela frente. Neste sábado (30), o Rubro-Negro encara o Atlético-GO, às 20h30 (horário de Brasília), no Estádio do Maracanã. A partida será válida pela 20ª rodada do Brasileirão. Já na próxima terça-feira (02), o Mais Querido começa a decidir contra o Corinthians a vaga para as semifinais da Libertadores. O primeiro embate será na Neo Química Arena. O duelo de volta está marcado para o dia 9 de agosto, no Templo Sagrado.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Em relação a arbitragem, o Fla ficou no lucro. Perdeu um penalti, que poderia ter deixado o jogo 1×0. Em compensação, o VAR foi conivente com Arrasca e até com Gabigol. Fernandinho fez uma obstrução num contra-ataque, é normal levar amarelo. Mas Gabigol deu um pontapé na perna de Fernandinho, na cara do juiz. Ali era expulsão certa. O Fla poderia ter ganhado o jogo de 1×0, mas ia para o Paraná sem 3 dos principais jogadores de cada setor.

  • O Cap e o Felipão se BORRARAM de medo do CRF. Curitiba não será muito diferente, time RETRANQUEIRO, joga anti-futebol. Ultrapassado ( porém às vezes eficiente. ) lá terão que se soltar . TORCIDA pressionando não pode ficar 90 minutos defendendo. Vai abrir aí ter sorte e enviar a primeira. Passar um boi passa uma boiada.