Landim confirma negociação do Flamengo com a Caixa Econômica por terreno no Gasômetro

Presidente do Mais Querido não revelou o valor, mas ressaltou que o Fla terá que pagar pelo local


Diante de todo o imbróglio que gira em torno do Maracanã ultimamente, o Flamengo segue determinado em construir um estádio próprio. O alvo do Mais Querido é o terreno do antigo Gasômetro, no Porto Maravilha. Em entrevista concedida aos jornalistas Rodrigo Mattos e Igor Siqueira, do Uol Esporte, o presidente do Rubro-Negro, Rodolfo Landim, abriu o jogo sobre o interesse do Fla na área citada.

“As notícias são reiais. O Flamengo já andou conversando com a prefeitura, com o governo federal, andou conversando com a Caixa Econômica Federal. O Flamengo já mostrou que tem interesse na área do gasômetro para fazer do estádio. O processo ainda está em uma fase bem preliminar. Mas é uma área de interesse”, disse.


As melhores ofertas para produtos do Flamengo: aproveite desconto e brindes!


Cabe destacar ainda que Landim, ao ser questionado se o Flamengo terá que pagar pela área do antigo Gasômetro, respondeu aos jornalistas brincando: “Claro, claro. A não ser que você compre e me dê”. O local é administrado pela Caixa Econômica Federal.

A presidente da Caixa, Daniella Marques, inclusive, havia confirmado o interesse do Flamengo pelo local. Além disso, a mandarária afirmou que pediu um estudo de viabilidade técnica e financeira para dar o aval para o Rubro-Negro seguir negociação para comprar o terreno.

O Rubro-Negro aposta no bom relacionamento do mandatário do Flamengo, Rodolfo Landim, com o presidente da República, Jair Bolsonaro, para que as negociações com a Caixa avancem. Durante o Fórum Global de Agribusiness, inclusive, Bolsonaro garantiu que irá atender à solicitação do Mais Querido.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *