Flamengo defende tabu de 24 anos contra Vélez

Novo duelo acontece às 21h30 (horário de Brasília) desta quarta-feira (31)


O Flamengo e o Vélez Sarsfiled (ARG) tem um encontro importante nesta quarta-feira (31), pela primeira semifinal da Libertadores. A grandeza da competição gera ainda mais ansiedade nos rubro-negros, que torcem pela continuidade da sequência positiva do time. Porém, os torcedores podem confiar em um trunfo entre o Mais Querido e o time argentino: o Fla não perde para o mesmo há 24 anos.

A última vez que o Vélez derrotou o Mengão foi em 1998, pela Copa Mercosul, em um duelo no Estádio José Amalfitani, que terminou 1 a 0 para o atual adversário das semifinais. No total, o Flamengo e o clube argentino se encontraram em 111 partidas, sendo 49 vitórias, 31 empates e 31 derrotas, em um aproveitamento de 53,4%. Se somente os jogos pela Libertadores forem considerados, o desempenho é ainda melhor.

Ganhe dinheiro com vitórias do Flamengo!

Pela competição da América, as duas equipes tiveram 19 encontros e o Fla saiu com a vitória em dez ocasiões. Os ‘hermanos’ ganharam apenas 2 vezes, considerando que sete confrontos terminaram com os números iguais no placar. No longo retrospecto entre os times, o Flamengo também está bem a frente na quantidades vezes em que balançou as redes. O Mengão tem 47 gols a mais que o Vélez, 187 a 140.

A última vez que Flamengo e Vélez se encontraram foi na fase de grupos da Libertadores de 2021. Nos dois desta etapa da competição, o Rubro-Negro empatou por 0 a 0 em um e ganhou o outro, por 3 a 2. O Mais Querido tem a chance de aumentar sua invencibilidade de 24 anos nesta quarta-feira (31). Já que às 21h30 (horário de Brasília) os dois clubes voltam a se enfrentar, no campo do Estádio José Amalfitani.

Quem se consagrar vencedor do duelo Vélez x Flamengo garante a vantagem para o segundo e decisivo jogo da semifinal da Libertadores. E para ficar por dentro de todos os detalhes dos confrontos, é só entrar no Youtube do Coluna do Fla e acompanhar a transmissão ao vivo, com narração do craque Rafa Penido.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *