Presidente do Flamengo lamenta desempenho de Paulo Sousa: “Tinha tudo pra dar certo”

Rodolfo Landim comentou trabalho do ex-treinador, que saiu do Fla em junho


Em meio a ansiedade pelo jogo desta quarta-feira (31), pela semifinal da Libertadores, contra o Vélez Sarsfield (ARG), o nome de Paulo Sousa voltou à tona. O motivo foi pela entrevista do presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, dada a ESPN, em que o dirigente fala sobre a passagem do técnico pelo Mais Querido. O executivo do Fla afirmou que tinha boas expectativas para o trabalho do treinador, mas o projeto não foi bem sucedido.

— Correções de rumo tiveram que ser feitas. Foi necessário uma avaliação. É sempre difícil quando monta um processo, se o trabalho vai recomeçar com outras pessoas à frente. É complicado. Tinha tudo para dar certo. Mas os resultados não vieram. Quando não ocorre, tem que ter mudança de rumo. E isso foi feito — disse Rodolfo Landim.

Saiba como ganhar dinheiro com jogos de futebol!

— Queria que os jogadores se adaptassem ao que ele propôs para a partida. Não sei, isso acabou não dando certo. Eles não tinham conseguido assimilar. Teve todo um período de adaptação, a verdade é que não funcionou. Jogos onde tivemos o melhor desempenho na Libertadores, tivemos menos mudança do jeito histórico de jogar — prosseguiu o presidente do Flamengo, apontando uma possível razão do insucesso de Paulo.

Apesar das críticas ao resultado entregado por Paulo Sousa, Rodolfo Landim elogiou o treinador. O presidente do Flamengo fez questão de ressaltar o respeito e a admiração que tem pelo técnico e por sua equipe, exaltando a experiência do comandante, dentro e fora dos campos.

— É uma pessoa com muita experiência com jogador, vencedor, saiu do futebol e foi estudar. A equipe que ele tinha ao lado era formada por pessoas com nível de formação muito bom — concluiu Landim.

Desde a saída de Paulo Sousa, em junho de 2022, o Flamengo ‘se encontrou’ com Dorival Júnior. Após mudanças táticas na equipe, o novo treinador conseguiu recuperar jogadores que não viviam boas fases e encontrar a sintonia do time. Os resultados não demoraram a aparecer: o Mais Querido está nas semifinais da Copa do Brasil e da Libertadores, além de ter ‘pulado’ para vice-liderança do Brasileirão.

O treinador Dorival mantém uma invencibilidade de 14 jogos e pretende aumentá-la na partida desta quarta-feira (31), contra o Vélez. O duelo decide quem fica com a vantagem para o segundo e decisivo jogo das semifinais da Libertadores, e tem início às 21h30 (horário de Brasília). Como de costume, o Coluna do Fla irá comandar a transmissão mais pé quente da internet, via Youtube.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Landim continua cometendo os mesmos erros do PS, colocando TODA A CULPA nós jogadores ao invés de pelo menos dividir a culpa entre jogadores e técnicos. Se PS não conseguiu fazer a equipe assimilar o problema pode ser ele que não se faz entender . Os jogadores podem sim ter feito corpo mole em alguns momentos, mas era fato que quem escala e treina. É o técnico.