“O combo VAR e árbitros ruins é a mancha do Campeonato Brasileiro”, dispara jornalista

FOTO: REPRODUÇÃO/PREMIERE

Enquanto o Flamengo vencia o Corinthians por 2 a 1, no Maracanã, uma polêmica se instaurava em São Januário, no jogo entre Vasco e Internacional, no último domingo (14). O Colorado bateu o Cruzmaltino por 2 a 1, mas o primeiro gol gerou grande repercussão, pois o VAR não funcionou, por estar ‘descalibrado. Boa parte da imprensa repercutiu negativamente o ocorrido, como o jornalista Arnaldo Ribeiro.

 

 

No podcast Posse de Bola #100, do Uol Esporte, o comentarista não poupou críticas ao sistema do árbitro de vídeo, além dos juízes de campo. Na visão de Arnaldo Ribeiro, o Campeonato Brasileiro desta temporada está manchado, por conta da maneira como as pessoas manipularam o VAR.


Apoie o Mengão! Camisa e outros produtos oficiais em promoção


O VAR não surpreendeu, o VAR da CBF já tinha se mostrado falível, manipulável, e o combo de más arbitragens com o VAR da CBF desse brasileiro eu acho que é a marca negativa do campeonato, que é muito legal em várias frentes, a frente do título, a frente do rebaixamento, a frente da Libertadores , mas o combo VAR mais árbitros ruins do campeonato do Gaciba é a mancha do campeonato -, disse o jornalista, que prosseguiu:

De novo, não tem complô para time X, complô para time Y, é a ruindade da arbitragem, do equipamento e da tecnologia e da ideia da utilização dessa praga. O VAR descalibrado dessa vez já foi nomeado de outras formas. O VAR do impedimento, eu falei, o VAR no Brasil conseguiu transformar o impedimento em lance interpretativo. Antes do VAR no Brasil, as pessoas, os analistas ou torcedores, desconfiavam das pessoas, dos árbitros e tal, agora você desconfia da imagem, você não confia na imagem -, ponderou.

Há alguns meses, Leonardo Gaciba, diretor de arbitragens da CBF, assumiu um erro do VAR no jogo entre São Paulo e Atlético-MG. Além disso, na partida deste domingo (14) do Flamengo, no gol de Gabriel Barbosa, a imagem do lance foi divulgada depois de um tempo relativamente grande após o tento ser confirmado. Por isso, Arnaldo Ribeiro trata a ferramenta com descrédito.

Eu não confio nas tais linhas desde o erro do gol do Luciano, São Paulo e Atlético-MG em setembro, se não me engano, e o reconhecimento um mês depois, está provado que essa praga desse software não funciona e é manipulável, manipulável no sentido de que ele não é exato, não é preciso -, afirmou Arnaldo antes de concluiu:

Foi descalibrado em São Januário, demorou 25 minutos para a gente ver imagem do gol do Gabigol no Maracanã, 25 minutos para ver se estava na mesma linha ou não, se estava atrás da linha da bola, é de uma piada absurda, é uma coisa de mau gosto, é o ponto negativo do campeonato, é o ponto negativo do futebol hoje em dia, o VAR não solucionou, não trouxe justiça, ele interfere no futebol de um jeito absurdo e acho que precisa ser revisto, combatido, criticado o tempo todo.

Alheio às polêmicas, o Flamengo se prepara para enfrentar o Internacional, no domingo (21). A partida será disputada no Maracanã, pela 37ª e penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. A bola rola a partir das 16h (horário de Brasília). O Rubro-Negro é o segundo colocado na tabela, com 68 pontos, enquanto o Colorado é o líder da competição, com 69. Ou seja, caso vença, o Mengão pode assumir a primeira posição na reta final do torneio nacional.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Parabéns a globo com seu tira teima infalível tecnologia de ponta ache ruim quem quiser mais o proficionalismo da Globo é o melhor