Conmebol abre negociação com Flamengo, e Maracanã deve ficar fechado por quase 20 dias

FOTO: ALEXANDRE VIDAL / FLAMENGO

O Flamengo vinha analisando possibilidades para realocar os jogos no mês de junho, com o intuito de tratar o gramado do Maracanã. Contudo, a Copa América foi oficializada no Brasil, e as opções iniciais do Rubro-Negro foram sendo descartadas. Por isso, o Fla manteve as partidas contra América-MG, no domingo (13), e Coritiba, na quarta-feira (16), no Estádio Jornalista Mário Filho. A Conmebol, contudo, já negocia a liberação da praça esportiva.

Até então, a Conmebol ainda não havia conversado com os gestores do Maracanã, Flamengo e Fluminense, mas já havia anunciado o estádio como sede da final da Copa América. A entidade sul-americana, por sua vez, abriu negociação com os clubes, e a praça esportiva deve ficar fechada por 17 dias, conforme informou o jornalista Rodrigo Mattos, do Uol Esporte.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Flamengo, Fluminense e Conmebol ainda negociam os termos para definir o período exato do fechamento do estádio para a final do torneio. Contudo, a dupla Fla-Flu deve receber uma quantia de contrapartida, por conta de alugar o local. Em 2019, por exemplo, a entidade pagou R$ 1,7 milhão pela cessão da praça esportiva, para utilização da Copa América daquele ano.

O Maracanã deve ficar cedido à Conmebol a partir de 24 de junho, para que a entidade possa ajustar e melhorar o gramado do estádio. Neste período de 17 dias, o Flamengo terá apenas uma partida como mandante, enquanto o Fluminense três. Além disso, há um Fla-Flu marcado para 4 de julho, pelo Brasileirão, que precisará ser realocado. A final da Copa América será dia em 10 do próximo mês.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *