Sucesso de Jorge Jesus no Flamengo fez Seleção Brasileira cogitar contratação

FOTO: TÂNIA PAULO / BENFICA

Jorge Jesus marcou época no Flamengo. O treinador português, atualmente no Benfica (POR), comandou o Rubro-Negro em 58 jogos, com 44 vitórias, 10 empates e quatro derrotas, obtendo aproveitamento de 81,6%. Com cinco títulos conquistados, o técnico estava sendo cogitado para assumir o lugar de Tite na Seleção Brasileira, antes mesmo da disputa da Copa América.

 

 

Rogério Caboclo, presidente da CBF, pretendia abrir negociação com Jorge Jesus a partir da última segunda-feira (07), com o intuito de contratá-lo para o lugar de Tite. Após o afastamento de Caboclo, por conta de acusações de assédio sexual e moral contra uma funcionária da entidade, o plano não foi à frente. A informação foi publicada primeiramente pelo jornalista Silvio Barsetti, do Terra.


Quem será o próximo a perder para o Mengão? Saiba como lucrar com previsões esportivas!


O presidente da CBF, inclusive, já havia acertado com emissário de confiança detalhes de uma primeira conversa com Jorge Jesus. Rogério Caboclo sempre foi entusiasta à contratação do ex-treinador do Flamengo. Aliás, o plano do mandatário era acertar com o técnico, para abafar as acusações, e agradar pessoas ligadas à entidade, como os patrocinadores. Renato Gaúcho surgia como plano B, caso não conseguisse fechar com o Mister.

A ideia inicial era negociar com Jorge Jesus após a Copa do Mundo de 2022. Contudo, Tite e Caboclo passaram a não falar a mesma língua. Com isso, o ex-treinador do Flamengo surgiu como principal nome para ocupar o lugar do atual comandante da Seleção Brasileira. Em 13 meses de Rubro-Negro, o Mister ganhou seis troféus, sendo cinco títulos: Taça Guanabara, Campeonato Carioca, Supercopa do Brasil, Recopa Sul-Americana, Campeonato Brasileiro e Libertadores da América.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Será muito bom para seleção, tiraria a panela que está lá a anos e a politização de tite entre os jogadore.
    As pessoas tem que entender que lá, ele terá qualquer jogador a disposição e não acho que iria chamar muito jogadores do flamengo.
    Gabigol, everton Ribeiro, e Bruno Henrrique sim.
    Recupera o futebol magico de Everton ainda.

  • Enquanto isso, Renato Gaúcho está só bebendo água de coco na praia aqui no Rio.
    Técnico de seleção brasileira que coloca braçadeira de capitão no braço desse tal de Neymar não é digno de credibilidade. Chama logo o Renato, esse Tite é muito burocrático e sem noção.

  • Tá louco! Aí vai convocar geral do Fla. Aí sim vamos estar na M. E outra, acho que JJ precisa de treinamento para colocar as ideias dele em prática, talvez não desse certo na seleção, pela ausência de treinos em sequência.

    Que a CBF contrate alguém que não convoque nenhum jogador do Fla para a seleção, Amém!

  • Quero não!
    Ele vai convocar todo o time do Flamengo!
    kkkkkkkkkkkkkkkkk!

  • Deixa a seleção 30 dias com JJ pra ver se ele não ganha copa do Mundo… Tite vai ser figurinha repetida… vai perder nas quartas de final, está faltando tática,e muito neymar mania…