Flamengo está entre 10 clubes do mundo que mais gastaram nesta janela de transferência

Flamengo lidera ranking de valores investidos no mercado dentre os times brasileiros


O Flamengo tem calendário lotado em 2023. Com diversas competições ao longo do ano, o clube busca se reforçar no mercado da bola. Com isso, o Mais Querido alcança algumas marcas importantes referentes à valores de contratação. As recentes investidas do Rubro-Negro alavancaram a equipe como o oitavo time que mais gastou no mundo na atual janela de transferências.

O Flamengo contribui para a movimentação do mercado da bola com 22 milhões de euros, algo em torno de R$123,3 milhões na cotação atual. Com isso, o Mais Querido esteve à frente de clubes como Barcelona e Real Madrid, ambos da Espanha, Paris Saint Germain (FRA) e Manchester United (ING) e Manchester City (ING), times que, corriqueiramente, estão em ações de transferências no mundo do futebol. A informação é do ‘Uol’.

Para a temporada, o Flamengo investiu em três peças: Ayrton Lucas, Gerson e Agustín Rossi. Para comprar em definitivo o lateral e adquirir 100% dos direitos econômicos do atleta, o Mais Querido precisou desembolsar 7 milhões de euros, cerca de R$ 39 milhões. Já a receita com o volante foi a maior parte das finanças do clube na janela. O retorno do ‘Coringa’, como é conhecido pela torcida rubro-negra, gerou um custo ao Fla de 15 milhões de euros, cerca de R$ 84,1 milhões.

O caso do goleiro é diferente. Rossi chega ao Flamengo sem custos aos cofres do clube. O Mais Querido assinou um pré-contrato com guarda-redes, e o arqueiro será do time a partir de 1º de julho. Sendo assim, o Fla não precisou pagar ao Boca Juniors (ARG) para ter o atleta. Neste momento, o arqueiro defende o Al-Nassr (ARA), equipe de Cristiano Ronaldo, até findar o vínculo e, então, se apresentar à Gávea.

Se analisado no cenário nacional, o Flamengo está no topo da lista de clubes que mais investiram na janela de negociação. Abaixo do Rubro-Negro, na vice-liderança, está o Vasco. A equipe, que agora conta com apoio financeiro da 777 Partners, desembolsou cerca de R$89,1 milhões no mercado da bola, o que faz com que o Cruzmaltino figure no top 20 times mundiais que mais gastaram no período.

Após as equipes cariocas, estão Grêmio, com R$ 53 milhões, Bahia, R$ 33 milhões, São Paulo, R$ 32,1 milhões, e Red Bull Bragantino, com R$ 26,9 milhões. Com isso, de acordo com o ‘Transfermarkt’, os 20 times da Série A do Campeonato Brasileiro movimentaram ao todo R$ 513,7 milhões. O que equivale a pouco mais de 10% do total do mercado da bola global, que foi de R$ 5,1 bilhões. As ações financeiras dão ao Brasileirão a segunda colocação mundial, atrás apenas da Premier League, liga inglesa.


Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *